Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 22º

Brasil investiu 20 mil milhões de dólares em Angola em duas décadas

O Brasil investiu quase 20 mil milhões de dólares (18 mil milhões de euros) em Angola nas duas últimas décadas e promoveu mais de 75 projetos de cooperação, disse à Lusa o embaixador daquele país em Luanda.

Brasil investiu 20 mil milhões de dólares em Angola em duas décadas
Notícias ao Minuto

08:25 - 19/05/24 por Lusa

Mundo Brasil

Em entrevista à Lusa, Rafael Vidal focou a construção conjunta e "irmandade" entre os dois países, ambos ex-colónias portuguesas, e a parceria diplomática "muito intensa" desde a independência de Angola, em 1975, que o Brasil foi o primeiro país a reconhecer.

O Brasil tem uma parceria estratégica com Angola -- a segunda em África, além da África do Sul -- e o país lusófono foi o que mais recebeu fundos do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) num total de 3,5 mil milhões de dólares (3,22 mil milhões de euros, ao câmbio atual), já reembolsados, "para ajudar na reconstrução de Angola", após o final da guerra civil, em 2002.

"As grandes empresas de engenharia e construção vieram, instalaram-se e muitas seguem por cá, investiram, essas obras são visíveis", disse o diplomata, salientando a importância da diplomacia presidencial retomada no terceiro mandato de Lula da Silva, que escolheu Angola para a sua primeira visita.

"[O Presidente Lula] desde o seu primeiro mandato sempre teve essa atuação importante, sobretudo nas nossas parcerias mais importantes no eixo sul-sul", notou Rafael Vidal, acrescentando que "todas as parcerias internacionais são bem vindas".

"Não estamos em Angola para deslocar ou alienar outros parceiros, não entramos nessa corrida (...). Acreditamos no princípio da cooperação à medida do Estado que recebe a cooperação e no princípio da responsabilidade internacional, não nos desenvolvemos se os nossos vizinhos não se desenvolverem", declarou o embaixador à Lusa, reforçando: "o Brasil não está aqui porque outros países estão, estaria aqui mesmo se nenhum deles estivesse".

Rafael Vidal adiantou que o Brasil já estabeleceu mais de 75 projetos de cooperação e já investiu mais de 20 mil milhões de dólares (18,4 mil milhões de euros) em Angola em duas décadas.

"Temos a maior comunidade brasileira de África, uma comunidade empresarial, dinâmica, somos 27 mil brasileiros", realçou.

Também o nível de comércio regressou aos níveis pré-pandemia, atingindo cerca de 1,5 mil milhões de dólares (1,38 mil milhões de euros), com uma balança comercial equilibrada entre 2022 e 2023.

"Angola exporta hoje muito mais petróleo, por exemplo", salientou o embaixador brasileiro, destacando o "momento muito especial" da relação entre os dois países graças à retoma da diplomacia presidencial de Lula da Silva.

Como frutos dessa diplomacia, apontou realizações concretizadas esta semana, como o primeiro congresso do banco de leite humano, "com base na experiência angolana" e a primeira participação de startups brasileiras na Angola Startup Summit.

Leia Também: Brasil resgata 82.666 pessoas e 12.215 animais afetados por cheias

Recomendados para si

;
Campo obrigatório