Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
37º
MIN 23º MÁX 37º

Girafa dá à luz em zoo do Reino Unido. Há imagens (e são emocionantes)

A girafa bebé já pesa mais de 70 quilos e mede 1,80 metros.

Notícias ao Minuto

10:27 - 17/03/24 por Daniela Carrilho

Mundo Vida animal

Uma girafa deu à luz no Jardim Zoológico de Chester, no Reino Unido, na passada quinta-feira, 14 de março. O momento emocionante do nascimento da cria ficou registado em vídeo.

Nas imagens - que pode ver na galeria de imagens acima - pode ver-se a pequena girafa de Rothschild a dar os seus primeiros passos apenas 30 minutos depois de ter nascido.

Segundo o zoo de Chester, a girafa bebé "já pesa mais de 70 quilos e mede 1,80 metros de altura".

As imagens revelam o nascimento da recém-nascida, que caiu de uma altura de 1,8 metros para a palha, assim como os seus primeiros minutos de vida - nos quais mama, caminha, tropeça e cai.

"As girafas dão à luz de pé e, por isso, entram no mundo de forma dramática. A cria de Orla aterrou com um grande solavanco quando caiu cerca de dois metros no chão, mas isso é totalmente normal e é, na verdade, uma parte muito importante do processo de nascimento, com o impacto da queda a estimular a cria e a encorajá-la a dar a sua primeira respiração", revelou Rosie Owen, do zoo de Chester.

A responsável revela ainda que "a mãe e o bebé estão a portar-se muito bem", sendo que Orla "é uma mãe experiente e carinhosa" e, por isso, "permite que o seu pequeno mame com frequência e dá-lhe e pequenos empurrões de encorajamento".

A gravidez de Orla durou 472 dias e o seu trabalho de parto prolongou-se durante mais de três horas antes de a cria nascer, reporta ainda o jornal Mirror, que adianta que os tratadores ainda não sabem se a girafa é um macho ou uma fêmea.

É esperado que a girafa atinja, no futuro, mais de 5,4 metros de altura e pese cerca de 1.000 quilos.

Dezenas de milhares de girafas de Rothschild, uma subespécie do mamífero mais alto do mundo - dos quais só existem 2.500 na natureza -, foram outrora encontradas no Quénia, Uganda e Sudão. No entanto, a sua população sofreu um declínio de 90% nos últimos anos, devido à caça furtiva e da perda de habitat.

O último grande reduto encontra-se atualmente no Quénia e no Uganda.

Leia Também: Há uma nova cria de girafa no Badoca Park (e as imagens são imperdíveis)

Recomendados para si

;
Campo obrigatório