Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 28º

Líder do partido conservador dinamarquês morre após enfarte num congresso

O líder do partido conservador da Dinamarca, Soren Pape Poulsen, morreu no sábado, aos 52 anos, após sofrer um enfarte durante um congresso do seu partido no munícipio de Vejen, informou o De Konservative.

Líder do partido conservador dinamarquês morre após enfarte num congresso
Notícias ao Minuto

09:08 - 03/03/24 por Lusa

Mundo Soren Pape Poulsen

Pape, que liderava o De Konservative desde 2014, desmaiou na sexta-feira, enquanto participava no congresso, e foi internado no Hospital Universitário de Odense, onde, apesar das tentativas para o salvar, acabou por morrer no sábado.

"Desmaiou a meio daquilo a que tinha dedicado a sua vida", lê-se numa mensagem publicada no 'site' do seu partido, que integra o Partido Popular Europeu (PPE).

"Estava a falar connosco sobre políticas para a terceira idade e abordagens de política externa e a última coisa que sentiu foi uma grande salva de palmas dos seus colegas de partido", acrescentou o De Konservative.

A primeira-ministra dinamarquesa, Mette Frederiksen, reagiu à morte de Pape recordando-o, numa mensagem nas suas redes sociais, como alguém cheio de humor e com consciência, empenhado e "conservador de corpo e alma".

Nascido em 1971, em Bjerringbro, Pape foi candidato a primeiro-ministro nas eleições de 2022, nas quais os conservadores obtiveram apenas 5,5% dos votos e 10 lugares, em parte devido às histórias difundidas sobre a sua vida privada antes das eleições.

Anteriormente, Pape tinha sido ministro da Justiça, entre 2016 e 2019, no gabinete da aliança liberal-conservadora liderada pelo primeiro-ministro Lars Lokke Rasmussen.

Leia Também: Britânico quase consegue voar para a Dinamarca sem passaporte ou bilhete

Recomendados para si

;
Campo obrigatório