Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 28º

Pacotes confiscados nas Faroé abertos 200 anos depois. Estavam assim

Os items, note-se, estavam em ótimas condições tendo em conta o tempo passado.

Pacotes confiscados nas Faroé abertos 200 anos depois. Estavam assim
Notícias ao Minuto

21:03 - 01/03/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Insólito

Uma descoberta notável no Arquivo Nacional britânico revelou uma camisola que foi interceptada nas Ilhas Faroé há 200 anos.

Era destinada a uma mulher na Dinamarca, mas nunca foi entregue devido à apreensão do seu navio de transporte pela Marinha Britânica durante a Segunda Batalha de Copenhaga.

Esta descoberta, que inclui roupas de lã tricotadas à mão e um conjunto de cartas do século XIX, oferece uma visão privilegiada das interações culturais e económicas entre as Ilhas Faroé e a Dinamarca no início do século XIX.

Segundo a BBC, o pacote nunca entregue, enviado de Tórshavn em 20 de agosto de 1807, fazia parte de uma carga apreendida pela Marinha Real. A captura do Anne-Marie, em plena eclosão da guerra, impediu a entrega de uma carga pessoal e económica, incluindo 49.000 pares de meias de lã.

A descoberta da camisola, descrita numa carta como uma "camisola para dormir", juntamente com meias femininas e amostras de tecido, foi feita por Margretha Nónklett, chefe de etnologia do museu nacional das Ilhas Faroé, que destacou a raridade e o significado da mesma. 

Os itens, note-se, estavam em ótimas condições tendo em conta o tempo passado. Serão agora preservados e espera-se que possam ser expostos em breve. 

Leia Também: Menino foi gozado por usar roupa espacial. Astronauta da NASA respondeu

Recomendados para si

;
Campo obrigatório