Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 18º

Filipinas saúdam libertação de último refém nacional detido pelo Hamas

O Presidente das Filipinas, Ferdinand Marcos Jr., saudou hoje a libertação da última filipina sequestrada pelo Hamas, a segunda de um nacional no contexto da trégua entre o grupo islamita palestiniano com Israel.

 Filipinas saúdam libertação de último refém nacional detido pelo Hamas
Notícias ao Minuto

07:01 - 29/11/23 por Lusa

Mundo Israel/Palestina

"Poucos dias depois de ter manifestado preocupação com o paradeiro de Noralyn Babadilla, estou muito feliz por anunciar que Noralyn está sã e salva em Israel", disse Marcos Jr. na rede social X, referindo que um outro nacional filipino já tinha sido libertado anteriormente em Gaza.

Ao contrário do primeiro refém, em liberdade desde sexta-feira, no início do cessar-fogo, um homem que entretanto teve alta médica, o segundo refém é uma mulher que não constava da lista oficial das Filipinas de reféns do Hamas e que tinha sido dada como desaparecida.

Noralyn Babadilla fazia parte de um grupo de dez mulheres libertadas pelo Hamas na terça-feira à noite, que incluía também duas cidadãs com dupla nacionalidade, uma argentina e uma austríaca, bem como dois homens tailandeses.

"À luz deste desenvolvimento positivo, tenho o prazer de informar a nação que todos os filipinos afetados pela guerra foram contabilizados", sublinhou o líder filipino.

Marcos agradeceu o trabalho dos funcionários da embaixada filipina em Telavive e das autoridades israelitas por "facilitarem a libertação", bem como aos Governos do Egito e do Qatar por mediarem o cessar-fogo.

Antes do início do conflito, a 07 de outubro, 30 mil filipinos encontravam-se em Israel, muitos dos quais prestadores de cuidados a idosos. Apenas algumas centenas decidiram regressar a casa.

Além de dois reféns já libertados, as Filipinas comunicaram a morte de outros dois cidadãos durante o ataque do grupo islamita contra o sul de Israel, que respondeu declarando guerra ao Hamas.

Leia Também: Trégua fez cessar ataques diários a tropas dos EUA no Médio Oriente

Recomendados para si

;
Campo obrigatório