Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 20º

Um ferido em ataque russo contra Odessa com 19 drones e 14 mísseis

A Rússia atacou hoje a região de Odessa, no sul da Ucrânia, com 19 drones e 14 mísseis, com as autoridades ucranianas a darem conta de um ferido e danos à infraestrutura portuária.

Um ferido em ataque russo contra Odessa com 19 drones e 14 mísseis
Notícias ao Minuto

06:35 - 25/09/23 por Lusa

Mundo Guerra na Ucrânia

Moscovo "atacou a região de Odessa com drones ofensivos e dois tipos de mísseis", explicou o governador de Odessa, Oleg Kiper, mencionando "vários ataques", incluindo o ataque à "infraestrutura portuária".

"Um civil foi ferido por uma onda de choque", acrescentou Kiper, na plataforma de mensagens Telegram, especificando que a vítima foi transferida para o hospital.

A Rússia realizou o ataque com 19 drones Shahed, de fabricados pelo Irão, dois mísseis supersónicos Onyx e mais 12 mísseis Kalibr, de acordo com os militares ucranianos. Foi também mobilizado um submarino, disse a mesma fonte.

Todos os drones e 11 mísseis Kalibr foram abatidos pelas defesas aéreas, acrescentou o exército, indicando que a estância balnear de Odessa sofreu "danos significativos" e um incêndio, rapidamente extinto, deflagrou num hotel.

Dois mísseis Kalibr dos 11 destruídos caíram sobre nas regiões de Mykolaiv (sul) e Kirovograd (centro).

Os mísseis Onyx destruíram celeiros sem causar vítimas, disse o exército, acrescentando que armazéns e empresas ficaram danificados devido à queda de destroços nos subúrbios de Odessa.

As forças russas visam regularmente esta região do sul da Ucrânia, junto ao mar Negro, onde estão localizadas infraestruturas portuárias cruciais para o comércio marítimo.

Os ataques aumentaram desde que a Rússia abandonou, em julho, o acordo de cereais que permitia à Ucrânia exportar livremente a produção.

No domingo, uma segunda carga de trigo ucraniano chegou a Istambul, através do mar Negro, utilizando um corredor marítimo criado por Kiev, apesar das ameaças de Moscovo de atacar barcos que entram e saem da Ucrânia.

Por seu lado, o Ministério da Defesa russo disse esta madrugada que, no domingo, vários drones foram abatidos sobre as regiões de Belgorod, Bryansk e Kursk. Nesta última região, um edifício administrativo sofreu dados.

Nas últimas semanas, as incursões de drones ucranianos aumentaram nas regiões russas perto da fronteira, embora também tenham sido alcançado pontos nas proximidades de Moscovo.

Os serviços secretos do Reino Unido afirmaram recentemente que os sistemas de defesa aérea da Rússia estão a ter dificuldades em detetar e destruir drones lançados pela Ucrânia, que tem atingido importantes infraestruturas militares russas.

Leia Também: Lavrov classifica Ocidente de "império de mentiras" mas não menciona Kyiv

Recomendados para si

;
Campo obrigatório