Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 17º

EUA ordenam saída de pessoal diplomático do Haiti devido a violência

O Governo dos Estados Unidos ordenou a saída do Haiti de todos os funcionários não essenciais e familiares de funcionários da embaixada norte-americana, devido à vaga de insegurança no país caribenho.

EUA ordenam saída de pessoal diplomático do Haiti devido a violência
Notícias ao Minuto

16:03 - 28/07/23 por Lusa

Mundo Haiti

O Departamento de Estado norte-americano aconselhou ainda os cidadãos a não viajarem para o Haiti, alegando os problemas de segurança que se vivem neste país, alertando para os riscos de "sequestros, crimes, agitação civil e infraestruturas de saúde precárias".

"Os casos de sequestro muitas vezes envolvem negociações de resgate, e as vítimas norte-americanas sofreram consequências físicas durante os sequestros", alertou o Departamento de Estado, num comunicado.

"Protestos, manifestações, queima de pneus e bloqueios de estradas são frequentes, imprevisíveis e podem levar à violência", avisam as autoridades dos EUA.

A decisão dos EUA foi anunciada apenas dois dias depois de a embaixada em Porto Príncipe ter confirmado que a sua equipa diplomática tinha sido confinada ao complexo do edifício devido a intensos tiroteios nas proximidades das instalações.

Os incidentes aconteceram horas depois de a polícia haitiana ter usado gás lacrimogéneo para dispersar dezenas de famílias que se refugiaram em frente à embaixada dos Estados Unidos, para tentar fugir da violência de grupos organizados.

O Haiti vive uma escalada de violência a nível nacional, com áreas praticamente controladas por grupos armados, ataques e sequestros diários, que já mataram mais de 1.400 pessoas desde o início do ano, segundo estimativas das Nações Unidas.

A crise de violência generalizada no país foi agravada pelo colapso económico e por uma epidemia de cólera.

Leia Também: Conselho de Segurança renova mandato da ONU no Haiti por um ano

Recomendados para si

;
Campo obrigatório