Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 26º

Moçambique suspende formação básica de polícias durante três anos

Bernardino Rafael, comandante-geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), anunciou hoje que não haverá formação básica de novos agentes durante três anos, para privilegiar o investimento em infraestruturas.

Moçambique suspende formação básica de polícias durante três anos
Notícias ao Minuto

23:28 - 17/05/23 por Lusa

Mundo Moçambique

"Não haverá formação básica de polícias nos próximos três anos", referiu em Maputo durante uma cerimónia de patenteamento no dia em que a PRM completou 48 anos.

Com as verbas que serviam "para fardamento, alimentação, combustível e transporte dos instruendos, vamos, pedra a pedra, atacar o nosso pilar difícil que são as infraestruturas. Estamos a pensar de forma económica", justificou Bernardino Rafael.

Ao mesmo tempo, o período servirá para revisão do currículo de formação, de acordo com padrões internacionais, exigindo o 12.º ano de escolaridade para ingresso.

O comandante-geral referiu que o país dispõe de polícias em número "razoável para garantir a segurança dos moçambicanos nos próximos dez anos".

O anúncio de hoje abrange apenas a entrada na corporação, mantendo-se a formação de sargentos, de forças especiais, oficiais e outros ramos da PRM.

Leia Também: Renamo quer entidade autónoma a gerir fundo soberano de Moçambique

Recomendados para si

;
Campo obrigatório