Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 29º

Letónia proíbe festejos no dia da vitória soviética sobre o nazismo

O parlamento da Letónia aprovou hoje uma lei que proíbe eventos festivos, reuniões públicas ou marchas em espaços públicos em 9 de maio, data da vitória soviética sobre o nazismo na Segunda Guerra Mundial, noticiou a EFE.

Letónia proíbe festejos no dia da vitória soviética sobre o nazismo
Notícias ao Minuto

22:41 - 20/04/23 por Lusa

Mundo Letónia

Estão isentos da proibição os eventos que não entrem em conflito com "os interesses do Estado e da segurança pública" ou com os valores da Letónia como Estado democrático glorificando a guerra ou o totalitarismo, indica a declaração divulgada pelo parlamento letão.

"Todos sabem que 9 de maio é um dia em que uma certa parte da sociedade tende a glorificar o totalitarismo e os regimes de ocupação", comentou Ieva Brante, presidente da comissão de direitos humanos e assuntos públicos do parlamento, que foi responsável pela iniciativa.

"É do nosso interesse evitar acontecimentos que minam os nossos valores, dividem a sociedade, glorificam a agressão militar e promovem uma falsa apresentação de acontecimentos históricos", justificou ainda.

Em muitos países com um passado soviético, o 9 de Maio, o dia da vitória sobre a Alemanha nazi, é comemorado com desfiles e outras manifestações públicas.

Nos últimos anos, especialmente desde a invasão russa da Ucrânia, os Estados Bálticos da Estónia, Letónia e Lituânia pressionaram para o desmantelamento dos monumentos soviéticos e procuraram evitar a realização de eventos públicos glorificando a União Soviética, causando tensões com minorias étnicas de origem russa daqueles três Estados.

Os três Estados conquistaram a independência da União Soviética em 1991, após quase cinco décadas de domínio soviético, tendo desde então aderido à União Europeia (UE) e à NATO.

Leia Também: Letónia reintroduz serviço militar obrigatório

Recomendados para si

;
Campo obrigatório