Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Presidente francês avisa que "violência não tem lugar na democracia"

O Presidente francês Emmanuel Macron condenou hoje os distúrbios no decurso dos protestos contra a reforma das pensões, considerando que "a violência não tem lugar na democracia".

Presidente francês avisa que "violência não tem lugar na democracia"
Notícias ao Minuto

15:12 - 24/03/23 por Lusa

Mundo Emmanuel Macron

Macron falava numa conferência de imprensa em Bruxelas no final da reunião dos líderes da União Europeia (UE).

O ministério do Interior francês anunciou hoje que a detenção de 457 manifestantes e ferimentos em 441 agentes no decurso dos distúrbios que marcaram alguns protestos de quinta-feira em França, contra a reforma das pensões.

Os números foram fornecidos pelo ministro do Interior, Gérald Darmanin, que numa entrevista ao canal CNews disse que a extrema-esquerda é responsável pelos atos de violência que ocorreram à margem das marchas organizadas pelos sindicatos.

"A extrema-esquerda quer atacar a República e é preciso fazer passar uma mensagem de condenação", disse o ministro.

Darmanin reconheceu na mesma entrevista que os sindicatos condenaram a violência, "ao contrário" de alguns membros da oposição.

Na quinta-feira realizou-se em França um protesto de dimensão nacional contra o decreto presidencial que alterou a idade de reforma dos 62 para os 64 anos de idade.

As manifestações foram organizadas pelas estruturas sindicais francesas.

Leia Também: Autarca de Paris critica teimosia de Macron e condena violência

Recomendados para si

;
Campo obrigatório