Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 24º

EUA. Atirador em desfile disparou mais de 70 tiros do topo de prédio

O atirador que na segunda-feira atacou num desfile do Dia da Independência nos subúrbios de Chicago, Estados Unidos, disparou mais de 70 tiros do cimo de um prédio, matando pelo menos seis pessoas, anunciaram hoje as autoridades policiais norte-americanas.

EUA. Atirador em desfile disparou mais de 70 tiros do topo de prédio
Notícias ao Minuto

19:16 - 05/07/22 por Lusa

Mundo Tiroteios EUA

O comandante da polícia de Highland Park, Chris O'Neill, disse que o atirador aparentemente disparou de um telhado onde era "muito difícil ser detetado", tendo chegado até lá, aparentemente, através de uma escada que foi encontrada junto ao prédio.

De acordo com as autoridades, o presumível autor do ataque comprou legalmente a arma no estado do Illinois, no ano passado.

No atentado morreram pelo menos seis pessoas e 19 ficaram feridas.

O alegado autor do ataque foi detido na segunda-feira, depois de ter evitado a captura inicial vestindo-se de mulher e misturando-se com a multidão em fuga.

O suspeito, Robert Crimo, de 21 anos, com a alcunha de 'Bobby', foi encontrado a cerca de oito quilómetros do local do crime.

O porta-voz da 'task-force' de Crimes Graves da polícia do condado de Lake, Christopher Covelli, disse hoje que, no ataque, o atirador usou uma arma pesada AR-15, disparando mais de 70 balas sobre a multidão que se reunira para assistir a um desfile do Dia da Independência.

Os investigadores que interrogaram o suspeito e estiveram a analisar o seu comportamento nas redes sociais, não conseguiram ainda determinar o motivo do ataque, disse Covelli.

As autoridades também não têm qualquer indício de que o atirador tenha alvejado alguém por motivos de raça, religião ou outro qualquer estatuto.

Crimo é um aspirante a músico 'rapper' com o nome artístico 'Awake the Rapper', que coloca regularmente vídeos e músicas nas redes sociais, alguns com imagens violentas.

Os tiros foram inicialmente confundidos com fogo de artifício, antes de centenas de pessoas terem começado a fugir, em pânico, aterrorizadas com o ataque em Highland Park, uma localidade nas margens do Lago Michigan que atrai os ricos e famosos.

Um dia depois do ataque, carrinhos de bebé, cadeiras de jardim e outros objetos deixados para trás pelas pessoas que assistiram ao desfile, ainda permanecem naquele que agora é um local de crime, num perímetro policial.

Leia Também: Músico e republicano, "andava sempre por aí". Quem é Robert E. Crimo III?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório