Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2022
Tempo
28º
MIN 19º MÁX 28º

Ucraniana é condecorada com a medalha Fields, o 'nobel da Matemática'

Maryna Viazovska foi uma das vencedoras pela sua investigação sobre as soluções encontradas para o empacotamento de esferas em várias dimensões.

Ucraniana é condecorada com a medalha Fields, o 'nobel da Matemática'
Notícias ao Minuto

18:31 - 05/07/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Matemática

A matemática ucraniana Maryna Viazovska tornou-se, esta terça-feira, na segunda mulher a vencer a medalha Fields, um prémio considerado como equivalente aos Nobel, mas no ramo da Matemática.

Viazovska foi uma dos quatro condecorados com o prémio, a par do francês Hugo Duminil-Copin, da Universidade de Genebra; a coreana-norte-americana June Huh, da Universidade de Princeton; e o britânico James Maynard, da Universidade de Oxford.

No site da União Matemática Internacional, é dito que a matemática ucraniana contribuiu com a descoberta de soluções para o empacotamento de esferas em oito dimensões.

A medalha Fields é dada a cada quatro anos, a matemáticos abaixo dos 40 anos, e normalmente, a ocasião em que esta é dada é no Congresso Internacional de Matemáticos. No entanto, o congresso mudou-se da localização prevista, na Rússia, para Helsínquia, na Finlândia.

O presidente da União, Carlos E. Kenig, disse, citado pela NBC News, quem "a guerra bárbara que a Rússia tem levado contra a Ucrânia claramente mostra que nenhuma outra alternativa era viável".

Maryna Viazovska tem sido uma voz ativa contra a invasão russa no seu país, comentando que a guerra mudou a sua vida, mas ensinar matemática manteve-a desperta. "Quando estou numa aula, tenho de me esquecer de tudo o resto, porque tenho de estar muito concentrada. Isto obrigou-me a esquecer o medo e a dor em mim mesma", afirmou.

A cientista, que é também investigadora na Escola Politécnica de Lausanne, na Suíça, decidiu dedicar uma das palestras a Yulia Zdanovksa, uma jovem cientista ucraniana cuja morte foi muito lamentada no início da guerra, quando morreu num bombardeamento em Kharkiv em março.

Leia Também: Jornalista que venceu Nobel leiloa medalha pelas crianças deslocadas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório