Meteorologia

  • 16 AGOSTO 2022
Tempo
26º
MIN 18º MÁX 26º

Dois candidatos democratas nos EUA sofrem AVC em plena campanha

Van Hollen e Fetterman estão bem e prometem retomar brevemente as campanhas ao Senado norte-americano.

Dois candidatos democratas nos EUA sofrem AVC em plena campanha

Os democratas norte-americanos vão tentar segurar a curta vantagem que têm no Congresso nacional em novembro, nas eleições intercalares (ou 'Midterms'), mas em dois estados, a corrida ao Senado ganhou uma nova nuance na saúde dos candidatos.

O senador Chris Van Hollen, que se recandidata ao cargo pelo estado do Maryland, e o candidato John Fetterman, que tenta ser eleito pelo estado da Pensilvânia, anunciaram no fim de semana que sofrerem os dois um acidente vascular-cerebral (AVC) durante a campanha eleitoral.

Van Hollen, de 63 anos, contou no domingo que teve um pequeno AVC durante um discurso, no sábado, mas o evento clínico não foi grave e o senador democrata poderá voltar ao trabalho nos próximos dias.

"Um angiograma indicou que eu sofri um pequeno AVC na parte de trás da cabeça. Felizmente, fui informado que que não terei consequências a longo prazo ou danos provocados por este incidente", disse o senador, num comunicado publicado no Twitter.

O democrata é senador pelo estado do Maryland desde 2016 e esta é a sua primeira candidatura a uma reeleição (o cargo de senador tem uma duração de seis anos). A expectativa é que Van Hollen segure o seu lugar e mantenha o Maryland, um estado predominantemente azul, do lado dos democratas.

Na Pensilvânia, as contas são mais complicadas. John Fetterman anunciou no domingo que sofrera um AVC, depois de sentir mal na sexta-feira. O anúncio surge a apenas dois dias das primárias no Pensilvânia, nas quais os democratas vão escolher o candidato que os representará na corrida ao cargo de senador - um lugar que foi deixado em aberto com a reforma do republicano Pat Toomey.

Fetterman, de 52 anos, lidera nas sondagens e deverá ser o candidato democrata - segundo o site FiveThirtyEight, a eleição será renhida mas os candidatos democratas mantêm uma vantagem sobre os republicanos.

"Tive um AVC que me causou um coágulo no coração. Felizmente, a Gisele [a mulher do candidato] percebeu os sintomas e levou-me ao hospital em poucos minutos", disse John Fetterman em comunicado, acrescentando que a situação está sob controlo e só precisa de descanso. Os dois concorrentes nestas primárias, Conor Lamb e Malcolm Kenyatta, desejaram-lhe uma recuperação rápida.

Em novembro, Van Hollen e Fetterman concorrem às eleições intercalares, ou 'Midterms'. Nos Estados Unidos, há eleições de dois em dois anos para as Câmaras de Representantes e Senados a nível estatal e nacional - no Congresso nacional, enquanto que os congressistas da câmara baixa têm de ir a votos de dois em dois anos, no senado, o mandato é de seis anos.

As 'Midterms' deste ano surgem numa altura em que os conservadores procuram apostar em ataques a questões sociais (como o aborto ou a abordagem de conteúdos LGBT+ e de racismo nas salas de aula) para aproveitar a reduzida popularidade de Joe Biden e complicar as contas do poder nos Estados Unidos.

Leia Também: Trump joga a sua influência nas 'Midterms' em apoio a dois candidatos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório