Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Autoridades europeias desmantelam rede de fraudes em linha

As autoridades europeias desmantelaram a infraestrutura de uma rede criminosa de fraude com investimentos em linha que enganou mais de 30 mil pessoas, de pelo menos 71 países, em cerca de 20 milhões de euros, informou hoje a Eurojust.

Autoridades europeias desmantelam rede de fraudes em linha
Notícias ao Minuto

23:51 - 21/04/22 por Lusa

Mundo Fraude

A ação europeia, coordenada por esta agência de coordenação judicial e pela Europol, a partir da Haia, englobou Alemanha, Estónia, Finlândia, França, Letónia, Países Baixos e Ucrânia.

As autoridades conseguiram apreender mais de 50 servidores em seis Estados diferentes, uma infraestrutura de centros de chamadas que as autoridades conseguiram desmantelar.

Os criminosos contactaram com as vítimas por telefone e pela internet, apresentando-se como agentes de plataformas de comércio em linha de moedas digitais, se bem que não se tenham limitado a isto, instalando também programas de acesso remoto, que lhes permitiram aceder ilegalmente aos computadores das vítimas e roubar as suas credenciais bancárias.

A Eurojust calcula que mais de 30 mil pessoas de pelo menos 71 países diferentes -- daquelas vítimas, pelo menos 522 estão registadas na Estónia -- foram defraudadas pela rede criminosa, que usava una infraestrutura em grande escala, com dezenas de servidores virtuais.

Os membros da organização usavam computadores em centros de chamadas para se ligarem aos servidores e terem acesso a bases de dados sofisticadas e de desenvolvimento próprio, que incluíam a identidade digital das vítimas.

Leia Também: EUA. Mais de 20 pessoas acusadas de fraude de 138 milhões à Medicare

Recomendados para si

;
Campo obrigatório