Meteorologia

  • 03 JULHO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 30º

China quer partilhar ideias e alinhamento estratégico com o Egito

O Presidente chinês Xi Jinping afirmou hoje durante uma reunião com o seu homólogo egípcio, Abdelfatah al Sisi, que os dois países partilham "ideias semelhantes" e um "alinhamento estratégico na causa da defesa dos seus próprios interesses".

China quer partilhar ideias e alinhamento estratégico com o Egito

O Presidente chinês Xi Jinping afirmou hoje durante uma reunião com o seu homólogo egípcio, Abdelfatah al Sisi, que os dois países partilham "ideias semelhantes" e um "alinhamento estratégico na causa da defesa dos seus próprios interesses".

De acordo com uma declaração divulgada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês após a reunião, Xi apelou a Pequim e ao Cairo para "continuarem a apoiar-se mutuamente em questões que afetam os seus interesses e preocupações fundamentais", e transmitiu a al-Sisi "o apoio da China ao Egito para prosseguir um caminho de desenvolvimento que se adeque às suas próprias condições nacionais".

O líder chinês referiu-se à "construção conjunta" da iniciativa de infraestruturas Uma Faixa, uma Rota, da qual o Egito faz parte.

Em particular, Xi citou projetos como o desenvolvimento da área do Canal de Suez e a construção no ano passado da primeira fábrica de produção de vacinas contra a covid-19 em África, sobre a qual também ofereceu "ajuda para que o Egito se torne um centro de produção de vacinas" no continente.

De acordo com a transcrição do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Al Sisi manifestou a sua disponibilidade para reforçar a cooperação com a China em domínios como a indústria ou, mais especificamente, os parques industriais, a fim de "acelerar o próprio desenvolvimento do Egito".

"O Egito apoia sempre a posição da China em assuntos dos seus principais interesses e preocupações, e está disposto a ser um verdadeiro bom amigo da China e a unir forças com a China para enfrentar vários desafios", disse o presidente da nação norte-africana, de acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Al Sisi, que se deslocou à China para a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim 2022, também fez um convite a Xi para visitar o Egito "o mais cedo possível após a pandemia", uma vez que o líder chinês não sai do seu país há mais de dois anos face à propagação global do coronavírus.

Leia Também: Putin e Xi Jinping apresentam em Pequim "visão comum" sobre segurança

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório