Meteorologia

  • 29 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 22º

Inglaterra. Homem autista mantido em cativeiro pela mãe e pelo padrasto

Matthew Langley, de 22 anos, foi encontrado à beira da morte, desnutrido e em más condições sanitárias.

Inglaterra. Homem autista mantido em cativeiro pela mãe e pelo padrasto

Ao longo de cerca de sete meses, Matthew Langley, um homem autista de 22 anos, foi mantido em cativeiro trancado num quarto pela mãe e pelo padrasto em condições sanitárias questionáveis. 

A mãe Lorna Hewitt e o padrasto Craig estão a ser julgados pelo crime e têm vindo a ser divulgados detalhes da tortura em que vivia o jovem Matthew, encontrado por paramédicos no dia 2 de junho de 2020 em Sheffield, Inglaterra.

Nesse dia, o homem encontrava-se desidratado, desnutrido, com cerca de 38 kg, e envolto em vómito e fezes. De acordo com os paramédicos, Matthew estava à beira da morte quando o encontraram. O jovem foi levado de urgência para uma unidade de cuidados intensivos do hospital num "estado lamentável". 

Tinha sofrido danos num rim com altos níveis de sódio relacionados com a desidratação grave, foi revelado em tribunal.

Além de dificuldades de aprendizagem, o jovem de 22 anos sofria de síndrome do intestino irritável, incontinência e artrite, segundo o tribunal.

A polícia de South Yorkshire divulgou, agora, uma fotografia que mostra o lixo e sujidade do quarto onde Matthew se encontrava trancado.

O padrasto, Craig, alegou que Matthew era alimentado e que comia no quarto e que o mantinham trancado à noite porque ele descia as escadas e acionava os alarmes de segurança.

Lorna, a mãe, preferiu não responder às questões da polícia. 

A sentença está marcada para dia 18 de fevereiro. 

Leia Também: Mãe condenada a 10 anos de prisão por morte do filho autista em Mirandela

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório