Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Vinte e quatro migrantes resgatados ao largo da Bélgica

A polícia belga anunciou ter resgatado hoje 24 migrantes que pretendiam chegar a Inglaterra e que se encontravam numa embarcação improvisada a cerca de 40 quilómetros da costa da Bélgica, tendo quatro deles sido hospitalizados.

Vinte e quatro migrantes resgatados ao largo da Bélgica

A operação de resgate, que durou cerca de quatro horas, a mais de 40 quilómetros da localidade de Zeerbrugge (província da Flandres), foi desencadeada após um pedido de socorro dos ocupantes da pequena embarcação, disse um porta-voz da polícia federal belga, citado pela agência noticiosa France-Presse (AFP).

A fonte adiantou que, na altura do resgate, alguns dos 24 migrantes, todos adultos, sofriam de hipotermia, tendo quatro deles -- dois homens e duas mulheres -- sido helitransportados para o hospital de Knokke (município na Flandres Ocidental), não correndo perigo de vida.

Os restantes 20 foram, entretanto, submetidos a uma fiscalização policial, sendo maioritariamente oriundos do Médio Oriente -- 11 iraquianos, três iranianos, três koweitianos, um afegão, um egípcio e um argelino.

Espera-se que alguns deles sejam deportados para outro país da União Europeia (UE), onde já deram entrada vários pedidos de asilo, acrescentou a porta-voz da Polícia Federal.

A travessia do Canal da Mancha a partir da costa europeia com destino a Inglaterra em embarcações precárias está a ser cada vez mais frequente.

Do lado francês, segundo o presidente da câmara de Pas-de-Calais (norte), 29.360 migrantes, eventualmente alguns deles contados várias vezes, tentaram fazer a travessia entre 01 de janeiro e 30 de setembro -- 15.553 passaram e 13.807 ficaram em terra.

Em 2020, as travessias, ou tentativas de travessia, envolveram cerca de 9.500 pessoas, contra 2.300, em 2019, e 600, em 2018. 

Os traficantes de seres humanos que organizam as travessias em condições perigosas também operam, às vezes, a partir do litoral belga, mesmo que a costa inglesa seja mais distante. 

Na semana passada, um iraquiano de 25 anos foi preso em De Panne (também na província da Flandres Ocidental) com mais de 100 coletes salva-vidas no porta-bagagens do seu carro. 

O Procuradoria de Bruges adiantou que o material usado pelos traficantes (botes insufláveis, coletes salva-vidas, motores, entre outro) costuma passar pela Bélgica "para ser usado em França".

Leia Também: Grécia apela à Turquia para travar traficantes após mortes em naufrágio

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório