Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Navio espanhol 'Aita Mari' chega a porto italiano com 105 pessoas a bordo

O navio espanhol humanitário 'Aita Mari' chegou hoje ao porto de Trapani, na Sicília (Itália), com 105 migrantes resgatados no Mediterrâneo a bordo, após uma espera de vários dias para obter uma autorização de desembarque.

Navio espanhol 'Aita Mari' chega a porto italiano com 105 pessoas a bordo

Os migrantes em questão, que viajavam numa embarcação de madeira que se encontrava à deriva, foram resgatados no passado dia 18 de outubro na zona de Salvamento e Resgate (SAR) que pertence a Malta.

Após seis dias de espera, o navio da organização espanhola Salvamento Marítimo Humanitário recebeu, no domingo, a autorização do centro de coordenação de Roma para se dirigir para o porto de Trapani e para proceder posteriormente ao desembarque dos migrantes, anunciou a estrutura humanitária.

Num vídeo divulgado nas redes sociais, o coordenador da organização não-governamental (ONG) espanhola, Iñigo Mijangos, explicou que a tripulação do 'Aita Mari' está à espera dos resultados dos testes médicos realizados pelas autoridades italianas aos tripulantes e aos migrantes para iniciar o desembarque.

"Assim que tivermos os resultados, esperamos poder iniciar o desembarque destas pessoas", acrescentou Iñigo Mijangos.

Num comunicado, divulgado no domingo, a ONG espanhola contou que muitos dos migrantes a bordo do 'Aita Mari' relatavam que tinham sido sujeitos na Líbia a situações "de tortura, de extorsão e de maus-tratos".

Nos últimos tempos, e perante a ausência de resposta por parte das autoridades de Malta aos pedidos dos navios de resgate humanitário, Itália tem assumido todo o fluxo de migrantes da rota central do Mediterrâneo, uma das rotas migratórias mais mortais, que sai da Líbia, Argélia e da Tunísia em direção aos territórios italiano e maltês.

Foi o caso do navio 'Sea-Watch 3', da ONG alemã Sea-Watch, que obteve, na passada sexta-feira, a autorização de Itália para atracar e desembarcar no porto de Pozzallo (Sicília) os 406 migrantes resgatados que tinha a bordo há vários dias.

Leia Também: Criança encontrada morta em embarcação resgatada ao largo das Canárias

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório