Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 8º MÁX 16º

Edição

AO MINUTO: Brasil com menor número diário de óbitos do ano

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: Brasil com menor número diário de óbitos do ano

Há já 85% da população portuguesa, mais concretamente 8.782.671 milhões de pessoas, com a vacinação contra a Covid-19 completa. Os dados constam do mais recente relatório da vacinação, divulgado na terça-feira. A informação confirma, aliás, o que a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, já tinha anunciado e que no último fim de semana também o Ministério da Saúde destacou, dando conta do feito de Portugal - "o primeiro país do mundo a atingir a meta de 85% da população vacinada".

Segundo os dados mais recentes, emitidos pela Direção-Geral da Saúde, Portugal contabilizou, nas últimas horas, mais nove mortes e 828 novos casos de Covid-19. No total, desde o início da pandemia, o país já somou 18.065 óbitos e 1.077.186 contágios.

Esta semana, os idosos com 80 ou mais anos e os utentes de lares e de unidades de cuidados continuados começam a receber a terceira dose da vacina para reforçar a imunidade contra o vírus. A propósito de vacinação, da Organização Mundial de Saúde chegou o posicionamento favorável quer à inoculação da terceira dose quer à coadministração das vacinas da gripe e Covid-19, o que facilitará a logística da campanha que decorre. 

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de quinta-feira.

22h55 - Desde 1 de março de 2020, já foram realizados em Portugal 19 milhões de testes de diagnóstico à Covid-19, diz o SNS.

22h35 - Madeira regista 10 novos casos nas últimas 24 horas e 78 ativos. A Madeira registou 10 novos casos de infeção por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas e oito recuperações, contabilizando 78 casos ativos, anunciou hoje a Direção Regional da Saúde (DRS).

22h32 - Brasil reporta 176 óbitos, menor número diário de mortes do ano. As autoridades de Saúde brasileiras reportam, esta quarta-feira, mais 7.852 casos de infeção por novo coronavírus, uma subida em relação ao dia anterior (7.359). São ainda confirmadas mais 176 mortes associadas à doença, uma descida em relação à véspera (185) e o menor número diário de mortes em todo o ano de 2021.

21h11 - Cerca de metade dos recuperados apresentam sintomas de "covid longa". Cerca de metade dos mais de 236 milhões de pessoas que foram infetadas em todo o mundo pelo coronavírus SARS-CoV-2 apresentarão sintomas persistentes pós-covid seis meses depois a infeção, sugere um estudo hoje divulgado. Segundo os investigadores da universidade norte-americana Penn State College of Medicine, estes resultados recomendam que os governos, as organizações e os profissionais de saúde pública se prepararem para o grande número de recuperados de covid-19 que "precisarão de cuidados para uma variedade de sintomas psicológicos e físicos".

20h30 - Trabalhadores italianos contra passe Covid-19 ameaçam bloquear portos. Trabalhadores portuários manifestaram-se hoje em várias cidades italianas contra a obrigatoriedade de passe sanitário para todos a partir de 15 de outubro, ameaçando bloquear "todas as operações" portuárias no dia da entrada em vigor da medida.

20h29 - França notifica 5.578 infeções e mais 27 mortes nas últimas 24 horas. As autoridades de saúde francesas anunciaram esta quarta-feira que foram diagnosticados 5.578 novos casos de Covid-19 e morreram mais 27 pessoas. França acumula 7.069.089 casos confirmados e 117.173 óbitos. 

20h28 - Angola atinge 1.650 óbitos com mais oito mortes e 349 casos em 24 horas. Angola totalizou 1.650 óbitos associados à Covid-19, com mais oito mortes nas últimas 24 horas, período em que foram reportados 349 novos casos e 150 recuperações, anunciou hoje a Direção Nacional de Saúde Pública angolana.

19h25 - Cabo Verde anuncia mais 31 novos infetados em 24 horas. Cabo Verde anunciou mais 31 novos infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando a 37.951 os casos positivos acumulados desde o início da pandemia, informou hoje o Ministério da Saúde.

19h24 - "Decidi não tomá-la. Estou vendo novos estudos". O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse estar a usar "novos estudos" para não se vacinar contra a Covid-19, garantindo ter uma proteção contra a doença porque já foi infetado e a sua imunidade "está no topo". "Em relação à vacina, decidi não tomá-la. Estou vendo novos estudos", afirmou Bolsonaro, em declarações à emissora de rádio Jovem Pan na noite de terça-feira e reproduzidas hoje pelos 'media' locais.

19h23 - Açores destacam "sucesso" da vacinação de estudantes universitários. O secretário regional da Saúde afirmou hoje que o processo de vacinação contra a covid-19 dos estudantes do Ensino Superior decorreu "com sucesso", durante o verão.

18h05 - EUA já administraram sete milhões de terceiras doses da vacina. A Food and Drug Administration (FDA) deve decidir nos próximos dias sobre se recomenda ou não a dose de reforço das vacinas contra Covid-19 das farmacêuticas Moderna e Johnson & Johnson.

18h01 - Covid: 46 mil mortes na semana passada, número mais baixo desde novembro. O mundo registou na semana passada 46.000 mortes por Covid-19, o número mais baixo desde princípios de novembro de 2020 e uma descida de 9,6% nos últimos sete dias, segundo estatísticas divulgadas hoje pela Organização Mundial da Saúde (OMS). As infeções globais também diminuíram na última semana, em 7%, para 2,8 milhões, o valor mais baixo desde o início de julho.

17h58 - Espanha notifica mais 2.758 casos e 42 mortes desde segunda-feira. O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta quarta-feira, mais 2.758 casos de contágio confirmados e 42 mortes associadas ao novo coronavírus. Sublinhe-se que estes dados compreendem segunda e terça-feira, uma vez que não foram divulgados dados ontem por ser feriado em Espanha.

16h55 - Quase 20 milhões de brasileiros passaram fome alguns dias em 2020. Quase 20 milhões de brasileiros declararam passar 24 horas ou mais sem ter o que comer em alguns dias, segundo um estudo divulgado hoje pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan).

16h52 - Madeira tem 95% dos residentes com mais de 50 anos vacinados. A taxa de vacinação da população residente na Madeira com mais de 50 anos é superior a 95% e mais de 75% na faixa etária entre os 12 e os 24 anos, informou hoje o Governo Regional.

16h48 - Itália reporta mais 2.772 casos, taxa de positividade sobe para 1%. As autoridades de Saúde italianas notificaram esta quarta-feira o registo de mais 2.772 novos casos de infeção por novo coronavírus, uma subida em relação ao dia anterior (2.494). As autoridades notificam ainda mais 37 óbitos referentes às últimas 24 horas, uma descida em relação à véspera (49).

16h42 - Medidas de apoio? Governo "reativará" em função da evolução da pandemia. A ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, reiterou, esta quarta-feira, que o Executivo está disponível para reativar as medidas de apoio extraordinárias em função da evolução da pandemia, tal como o ministro das Finanças tinha já admitido. 

16h28 - Mais de 42 mil novos casos no Reino Unido e 136 óbitos. O Reino Unido registou 42.776 novos casos de Covid-19 e 136 mortes associadas à doença no espaço de 24 horas, segundo os dados divulgados pelo Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico. É um aumento do número de casos, mas uma queda no número de mortes face ao dia de ontem, altura em que o Reino Unido reportou 38.520 novos contágios e 181 mortes causadas pela Covid-19.

16h20 - App do certificado britânico está em baixo e caos instala-se nas viagens. A aplicação de telemóvel do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS), utilizada pela população do Reino Unido para apresentar o certificado de vacinação contra a Covid-19, está hoje em baixo, o que está a causar complicações, sobretudo a quem vai viajar

15h59 - Ferro assinala "sinal importante" de regresso à normalidade dos plenários
 
O presidente da Assembleia da República assinalou hoje o "sinal importante" do regresso à normalidade dos plenários, em que poderão voltar a estar os 230 deputados, 17 meses depois das primeiras restrições devido à pandemia. "Com regozijo vejo este plenário normal, com os deputados a poderem ocupar as suas posições desde o começo da sessão. Isso significa que estamos a trabalhar bem no combate à Covid-19, no entanto convém que se diga que não está ainda totalmente ganho", afirmou Ferro Rodrigues.

15h46 - Vacina russa de dose única com 70% de eficácia contra variante Delta
 
A vacina russa contra a Covid-19 de dose única, Sputnik Light, apresenta 70% de eficácia contra a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 três meses após a inoculação, anunciou hoje um laboratório daquele país. Segundo o Centro Gamaleya de Epidemiologia e Microbiologia da Rússia, que desenvolveu esta versão da vacina Sputnik V de duas doses, os estudos indicam que a Sputnik Light mostrou também uma eficácia superior a 75% nas pessoas com menos de 60 anos.

15h26 - OMS apresenta equipa que vai investigar origem do coronavírus
 
A Organização Mundial da Saúde anunciou hoje a composição da equipa que irá passar a investigar novos vírus infecciosos que possam provocar pandemias e que terá como uma das missões estudar a origem do SARS-CoV-2, que causa a Covid-19. A equipa integra 26 especialistas de diversas áreas, como epidemiologia, saúde animal, ecologia, medicina clínica, virologia, biologia molecular, segurança alimentar ou biossegurança, sendo os seus membros de países tão diferentes como Estados Unidos, Brasil, Reino Unido, Rússia, França, Alemanha, China ou Japão.

15h23 - Portos da Madeira retomam atividade turística com 12 navios em 13 dias
 
Os portos da Madeira receberam 12 cruzeiros em 13 dias, tendo feito hoje escala no Funchal dois navios, o Europa e o Iona, a maior embarcação em tonelagem que fez a sua estreia na região. "Os nossos portos já receberam 12 escalas, em 13 dias", afirmou a presidente do Conselho de Administração dos Portos da Madeira (Apram), Paula Cabaço, à Lusa, afirmando estar "confiante relativamente à retoma da atividade da indústria de cruzeiros".

15h11 - Incidência por 100 mil habitantes e risco de transmissibilidade sobem
 
A taxa de incidência de infeções com SARS-CoV-2 nos últimos 14 dias a nível nacional registou uma subida, fixando-se hoje nos 83,2 casos por 100 mil habitantes assim como o índice de transmissibilidade (Rt) que está nos 0,97. Segundo o boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge divulgado hoje, a nível nacional a taxa de incidência subiu de 82,9 para 83,3. Em Portugal continental, este indicador registou também uma subida passando dos 82,7 para 83,2.

14h37 - Cientistas identificam novo potencial tratamento para Covid-19
 
Cientistas da Faculdade de Medicina da universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveram um composto que pode vir a prevenir ou a reduzir os efeitos da infeção por coronavírus SARS-CoV-2, se administrada precocemente. Mas, por enquanto, estão apenas a ser realizados testes em ratos.  

14h33 - Ganadeiros satisfeitos com retoma das touradas à corda na ilha Terceira
 
Os ganadeiros dos Açores dizem-se "satisfeitos" com a retoma das touradas à corda, após quase dois anos sem eventos e numa altura em que o arquipélago começa a regressar à normalidade, na sequência da pandemia de Covid-19. "Era a única atividade económica que ainda não tinha retomado nos Açores", afirmou, em declarações à Lusa, a presidente da Associação Regional de Criadores de Tourada à Corda, Sónia Ferreira.

14h16 - Mais 828 casos e nove mortes. Incidência e Rt voltam a subir

Acaba de ser divulgado o boletim da DGS que dá conta de mais 828 casos, nove mortos e mais 622 recuperados. Os internamentos voltaram a descer, nas últimas 24 horas, estando atualmente 335 doentes hospitalizados (menos dez do que na véspera), dos quais 54 em unidades de Cuidados Intensivos (menos dois). No boletim de hoje foi feita nova atualização da matriz de risco que dá conta de uma ligeira subida da incidência (o que não sucedia há semanas) que se situa agora em 83,2 casos por 100 mil habitantes a nível nacional e no continente. A subir segue também o índice de transmissibilidade que é agora de 0,97 a nível nacional e de 0,98 no continente.

13h52 - 'Alívio' chega na próxima sexta-feira à Madeira. E o que traz?

As discotecas podem reabrir para clientes vacinados ou recuperados, e terminam as restrições ao número de visitas nos lares, anunciou hoje o Governo Regional Na terça-feira, o líder do executivo indicou que as medidas mais restritivas de combate à pandemia seriam aligeiradas a partir das 00h00 de sexta-feira, sem, no entanto, indicar quais.

13h46 - Açores com 11 novos casos e um óbito nas últimas 24 horas

Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, uma morte e 11 novos casos, sendo dez em São Miguel e um em Santa Maria, informa hoje a Autoridade de Saúde açoriana. No comunicado diário, a entidade explica que foi registado, nas últimas 24 horas, "um óbito no Faial", de "uma mulher" de 66 anos, residente na Ribeirinha, que "se encontrava internada no Hospital da Horta".

13h35 - Peregrinos foram "exemplo para o país"

O bispo da Diocese de Leiria-Fátima, cardeal António Marto, afirmou hoje que os peregrinos foram "um exemplo para todo o país" no cumprimento das regras sanitárias. "Quero dar-vos também parabéns, a todos os peregrinos que aqui vieram durante este ano e meio ao santuário e que foram exemplares no cumprimento das regras sanitárias. Foi um exemplo para todo o país", disse António Marto

13h02 - Sem vacina, 15 mil profissionais de saúde foram suspensos em França

Cerca de 15 mil profissionais de saúde franceses terão sido suspensos por não terem sido vacinados. A estes números acrescentam-se ainda "entre 1.500 e 2.000" demissões de cuidadores que rejeitaram a imunização, anunciou o ministro da Saúde francês, Olivier Véran, esta quarta-feira. Desde que foi decretada a obrigação de vacinação para os profissionais de saúde, milhares de suspensões foram declaradas contra os incumpridores. De acordo com os dados mais recentes, divulgados pelo Ministério da Saúde, 0,6% dos profissionais sujeitos a esta obrigação estão suspensos desde 15 de setembro.

12h47 - Pandemia já matou mais de 4,86 milhões de pessoas em todo o mundo
 
A pandemia de covid-19 matou, até hoje, pelo menos 4.861.478 pessoas em todo o mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um balanço realizado pela agência de notícias francesa AFP com base em fontes oficiais. Mais de 238.592.820 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da pandemia.

12h35 - Air New Zealand dá hipótese a habitantes de serem vacinados num avião

No 'super sábado' de vacinação neozelandês, alguns sortudos vão ter a hipótese de ser vacinados a bordo de um 787 da Air New Zealand, no aeroporto de Auckland. As pessoas que se inscreverem para a oportunidade 'Jabaseat' não terão apenas a primeira dose da vacina Pfizer. Vão ter ainda direito a uma visita pelo hangar da Air New Zealand, lanche e bebidas de cortesia servidos por membros da tripulação, bem como um cartão de embarque comemorativo.

12h21 - Técnicos de emergência pré-hospitalar em greve dia 22
 
Os técnicos de emergência pré-hospitalar vão estar em greve no próximo dia 22, exigindo a revisão da carreira e melhores condições de trabalho, num dia para o qual agendaram também uma manifestação em Lisboa. No pré-aviso de greve, o STEPH pede anda a "responsabilização dos dirigentes pelas diversas ilegalidades cometidas", apontando designadamente a vacinação contra a covid-19. "O facto de competir à IGAS e ao Ministério Público o apuramento das eventuais responsabilidades civil, disciplinar e criminal, não liberta o Ministério da Saúde, nem o Governo, de apurar as responsabilidades políticas e promover as respetivas consequências para quem, de forma tão evidente, pôs em causa o esforço de todos os cidadãos, do governo e de um país, que diariamente se excedem para ultrapassar o mais rapidamente possível o estado pandémico que vivenciamos", afirma o sindicato.

12h06 - Hungria vai ajudar Roménia a tratar pacientes Covid

A Hungria vai ajudar a Roménia a tratar 50 pacientes com Covid-19 que requerem tratamento intensivo, relata a Reuters. O ministro dos Negócios Estrangeiros da Hungria, Peter Szijjarto, disse que as pessoas serão tratadas em dois hospitais húngaros, com os países a tratar da logística nos próximos dias.

11h16 - Rússia registou novo recorde de mortes por Covid-19 

A Rússia notificou um recorde no número de mortes por Covid-19 em 24 horas pelo segundo dia consecutivo. O número oficial de óbitos de hoje é 984, um pouco mais alto do que o recorde de ontem de 973. Houve ainda 28.717 novos casos. Na terça-feira, o ministro da saúde russo, Mikhail Murashko, revelou que o país estava a tratar 1,1 milhão de pessoas com sintomas da doença. Aproximadamente um terço dos 144 milhões de habitantes do país já receberam pelo menos uma injeção de vacina até agora.

09h18 - Vacinados deixam de precisar de testes em alguns eventos. Saiba quais
 
As pessoas com esquema vacinal completo há mais de 14 dias deixam de precisar de fazer testes de rastreio covid nalguns contextos, como reuniões familiares e eventos culturais, desportivos ou cooperativos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). A norma hoje atualizada pela DGS, indica que ficam também dispensados de testes de rastreio periódico os residentes, utentes e profissionais de alguns locais, designadamente unidades de Cuidados Continuados Integrados e instituições de apoio a migrantes e refugiados, assim como nos estabelecimentos prisionais e centros educativos que apresentem esquema completo há mais de 14 dias.  

08h42 - Austrália impõe vacinação a trabalhadores em contacto com o público
 
O primeiro-ministro do Território Norte da Austrália, Michael Gunner, anunciou hoje que "todas as pessoas que trabalham em contacto com o público terão de ser vacinadas" contra a covid-19, incluindo caixas de supermercados e cabeleireiros. Até 24 de dezembro, qualquer pessoa que trabalhe com o público deverá estar totalmente vacinada, caso contrário poderá ser despedida e ter de pagar uma multa de cinco mil dólares australianos (3.175 euros), anunciou o executivo daquele estado australiano.

08h04 - Alemanha com quase 12 mil novos casos e 92 mortes

A Alemanha reportou mais 11.903 casos de infeção pelo novo coronavírus e 92 mortes relacionadas com a Covid-19, de acordo com os dados atualizados esta quarta-feira pelo Instituto Robert Koch. Com esta atualização, o país passa a acumular 4.330.258 contágios e 94.389 óbitos desde o início da pandemia.

07h52 - Morreu ex-ministro Baduel acusado de conspirar contra Nicolás Maduro
 
O ex-ministro da Defesa venezuelano Raul Isaías Baduel faleceu terça-feira, na prisão, vítima de uma paragem respiratória associada à covid-19, anunciou o Procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab através do Twitter. "Lamentamos a morte de Raúl Isaías Baduel, de uma paragem cardiorrespiratória devido à covid-19, enquanto recebia os cuidados médicos correspondentes, tendo recebido a primeira dose da vacina", escreveu o procurador na sua conta do Twitter.

07h44 - Touradas à corda nos Açores sem limite excetuando o uso de máscara
 
O Governo Regional dos Açores adiantou hoje que deixa de haver "critérios que limitem a realização de touradas à corda" nas ilhas com tradição tauromáquica, exceto o uso de máscara, depois da Terceira ter atingido 82% da população vacinada. A decisão governamental surge após uma reunião na terça-feira, na qual foi apresentado o contexto epidemiológico em relação ao novo coronavírus, nomeadamente no que concerne ao nível de população vacinada nos Açores.

07h16 - China deteta 22 novos casos, todos oriundos do exterior

A China detetou 22 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, todos oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país asiático. Os casos foram diagnosticados em viajantes provenientes do estrangeiro nos municípios de Xangai (leste), Pequim (norte) e Tianjin (norte) e nas províncias de Yunnan (sul), Guangxi (sul), Guangdong (sudeste), Zhejiang (leste), Fujian (sudeste) e Shandong (leste).

07h09 - EUA vão abrir fronteiras terrestres com Canadá e México a vacinados
 
Os Estados Unidos vão abrir "no início de novembro" as fronteiras terrestres com o México e o Canadá aos viajantes vacinados contra a covid-19, em deslocações consideradas não essenciais, anunciou hoje a Casa Branca. A abertura das fronteiras vai ter duas fases. Inicialmente, as vacinas serão obrigatórias para viagens não essenciais, como turismo ou visitas a familiares, mas esta obrigação não será aplicada às viagens consideradas essenciais, que foram sempre autorizadas.

07h00 - Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode consultar o anterior através deste link.

Leia Também: AO MINUTO: 84% dos jovens dos 12 aos 17 anos com a vacinação completa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório