Meteorologia

  • 02 AGOSTO 2021
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Mortes em África relacionadas com a Covid-19 ultrapassam as 160 mil

O número de mortes associadas à covid-19 em África ultrapassou a barreira dos 160.000, totalizando 160.648 óbitos, mais 929 nas últimas 24 horas, durante as quais se registaram 53.704 novos casos, segundo dados oficiais regionais divulgados hoje.

Mortes em África relacionadas com a Covid-19 ultrapassam as 160 mil
Notícias ao Minuto

13:11 - 22/07/21 por Lusa

Mundo Covid-19

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número de infetados em África desde o início da pandemia é de 6.335.702, mais 53.704 nas últimas 24 horas.

O número de recuperados é agora de 5.546.538, dos quais 33.112 registados nas últimas 24 horas, segundo a mesma fonte.

A África Austral continua a ser a região mais afetada do continente, com 3.037.743 casos e 82.742 óbitos associados à covid-19. Nesta região, encontra-se o país mais atingido pela pandemia, a África do Sul, que contabiliza 2.327.472 casos e 68.192 mortos.

O Norte de África, que sucede à África Austral nos números da covid-19, atingiu os 1.813.835 infetados e 51.742 óbitos associados à doença.

A África Oriental contabiliza 772.843 infeções e 16.364 mortos e a região da África Ocidental regista 510.974 casos e 6.673 mortes.

A África Central é a região do continente com menos casos de infeção e de mortes: 200.307 casos e 3.127 mortes, respetivamente.

O Egito, o segundo país africano com mais vítimas mortais a seguir à África do Sul, regista 16.465 mortes e 283.862 infetados, seguindo-se a Tunísia, com 17.913 óbitos e 555.997 casos, e Marrocos, que contabiliza o segundo maior número de infeções em todo o continente, 566.356 casos, mas menos mortes do que os dois países anteriores, com 9.498 óbitos associados à doença.

Entre os países mais afetados estão também a Etiópia, com 4.360 vítimas mortais e 277.959 infeções, e a Argélia, com 3.994 óbitos e 157.005 infetados.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 1.190 óbitos e 103.713 casos de infeção acumulados desde o início da pandemia e Angola contabiliza 973 mortes associadas à doença e 41.227 infetados acumulados.

Cabo Verde regista 297 mortes associadas à doença e 33.395 infeções, a Guiné Equatorial 123 óbitos e 8.848 casos, a Guiné-Bissau contabiliza 74 mortos e 4.108 infetados e São Tomé e Príncipe 37 óbitos e 2.413 infeções.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.119.920 mortos em todo o mundo, entre mais de 191,3 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Leia Também: AO MINUTO: Dinâmica "exponencial" na Alemanha; OMS? China rejeita missão

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório