Meteorologia

  • 31 JULHO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Internamentos em UCI aumentam; Máscara na rua a acabar?

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Internamentos em UCI aumentam; Máscara na rua a acabar?

Portugal registou, esta quinta-feira, mais 16 mortes e 3.622 novos casos de Covid-19, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS). Em termos acumulados, o país soma 17.248 óbitos e 943.244 infeções por SARS-CoV-2. Há 860 pessoas internadas (menos sete do que ontem), sendo que, destas, 178 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (mais sete). 

O Governo reuniu-se esta quinta-feira em Conselho de Ministros, onde a pandemia e a nova 'organização' dos concelhos estiveram em cima da mesa. O briefing está marcado para esta tarde - 14h era a hora indicativa.

Ontem, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu que é preciso evitar "dúvidas sobre a batalha" contra a Covid-19 para se conseguir mobilizar os portugueses para o processo de vacinação, e qualificou a sua posição de "realista voluntarista".

No plano internacional, a Organização Mundial de Saúde alertou que a variante Delta irá ser a dominante no mundo em alguns meses, numa altura em que foram detetados casos em mais 13 territórios. 

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19: 

15h30 - Boa tarde! Este registo fica por aqui, mas pode continuar a seguir as incidências relacionadas com o novo coronavírus neste link. Mantenha-se seguro!

15h29 - África tem de aumentar vacinação para imunizar 10% dos mais vulneráveis. O ritmo da vacinação contra a Covid-19 em África deverá aumentar cinco ou seis vezes para imunizar pelo menos os 10% mais vulneráveis da população, até ao final de setembro, disse hoje a diretora regional da Organização Mundial da Saúde (OMS).

15h06 - Lagarde alerta que variante Delta pode travar recuperação. A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, advertiu hoje que o rápido aumento de casos de covid-19 devido à variante Delta representa "uma fonte crescente de incerteza" para a economia da zona euro.

14h48 - Governo tenciona alargar teletrabalho? CGTP quer direitos assegurados. O Governo está a ponderar alargar o teletrabalho para os pais com filhos menores de oito anos, desde que desempenhem funções laborais que permitam que este regime seja aplicado, de acordo com uma proposta apresentada aos parceiros sociais. A CGTP já reagiu, nada ter contra esta alteração, mas sublinha que os direitos dos trabalhadores devem ser assegurados. "A CGTP não tem nada contra esta alteração. Agora, têm que ser garantidas todas as outras, que de facto efetivem os direitos dos trabalhadores que aceitem ou requeiram ficar em teletrabalho", disse a líder da CGTP, Isabel Camarinha, em declarações à SIC Notícias. 

14h43 - Madeira antecipou-se sem "minimizar" pandemia. O presidente do Governo da Madeira afirmou hoje que o executivo madeirense atuou por antecipação e sem "minimizar" esforços para combater a Covid-19 e adotou as medidas que considerou necessárias, sem contar com o apoio da República.

14h29 - Ilha Terceira e concelho de Ponta Delgada passam a alto risco. Os concelhos de Angra do Heroísmo e Praia da Vitória, na Terceira, e o de Ponta Delgada, em São Miguel, Açores, estão com "alto risco" de infeção pelo novo coronavírus, segundo informação de hoje da Autoridade de Saúde.

14h25 - Portugal soma 16 mortos e 3.622 novos casos. Portugal regista, esta quinta-feira, mais 16 mortes e 3.622 novos casos de Covid-19, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS). Em termos acumulados, o país soma 17.248 óbitos e 943.244 infeções por SARS-CoV-2. Há 860 pessoas internadas (menos sete do que ontem), sendo que, destas, 178 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (mais sete)

14h00 - Pandemia já matou quase 4,13 milhões de pessoas em todo o mundo. A pandemia de Covid-19 já matou pelo menos 4.128.543 pessoas em todo o mundo desde que foi detetado o primeiro caso na China, no final de 2019, avança hoje o balanço diário feito pela agência AFP.

13h51 - Bruxelas atribui 120 milhões a projetos de luta contra vírus e variantes. A Comissão Europeia selecionou hoje 11 novos projetos, no valor de 120 milhões de euros, para apoiar e permitir a "investigação urgente" do vírus SARS-CoV-2 e as suas variantes, responsável pela Covid-19, envolvendo 312 equipas de investigação de 40 países.

13h41 - Médicos Sem Fronteiras lamentam entraves à produção de vacina em África. Os Médicos Sem Fronteiras (MSF) lamentaram hoje que o acordo para a empresa biofarmacêutica sul-africana Biovac fabricar a vacina contra a Covid-19 da Pfizer limite a transferência de tecnologia e conhecimentos que possibilitaria a sua produção independente em África.

13h24 - Governo dos Açores admite rever medidas para cada nível de risco. O presidente do Governo Regional dos Açores defendeu hoje a manutenção da matriz de risco de infeção pelo novo coronavírus em vigor nos Açores, mas admitiu que "as medidas em cada nível podem ser reavaliadas".

13h11 - "Continuamos em linha". 4.ª vaga "aquém" dos números da Emergência. À margem do encerramento de uma conferência do Fórum para a Competitividade - Associação para o Desenvolvimento Empresarial, que decorreu na quarta-feira no Centro de Congressos de Lisboa, o Presidente da República voltou a sublinhar que os números desta quarta vaga pandémica estão longe dos que o levaram a decretar o Estado de Emergência.

"Continuamos em linha, tivemos 4 mil [casos], já tivemos várias vezes 4 mil, tivemos uma diminuição de [doentes em] Cuidados Intensivos, ontem e hoje [terça e quarta-feira], um aumento de internados em geral e tivemos um número mais elevado de mortes, mas estamos muito aquém do que eram os números, entre metade e um terço, quando decretei o Estado de Emergência em novembro do ano passado", vincou Marcelo Rebelo de Sousa. 

13h05 - Bruxelas quer verificação "mais tranquila possível" de certificados. A Comissão Europeia emitiu hoje recomendações aos países da União Europeia (UE) para verificação dos certificados de vacinação, recuperação e testagem visando uma "experiência o mais tranquila possível" para passageiros e tripulações, perante a preocupação do setor aéreo. 

13h00 - Peritos acreditam que a máscara na rua pode 'cair' em breve. A obrigatoriedade chegou em outubro do ano passado, mas o virologista Pedro Simas acredita que "em situações na via pública, espaços abertos, parques praias," e tendo em conta a atual "percentagem de população vacinada e os [atuais] estados epidemiológicos, já se pode começar a experimentar e a libertar a máscara". "Nos espaços exteriores, mantendo a distância, poderá deixar de ser utilizada, mas temos de ter permanentemente uma autoavaliação de risco. Saber exatamente onde é que nós estamos, como estamos, em que ambiente estamos. Em ambiente fechado a máscara deverá continuar a ser uma rotina", apontou a pneumologista Raquel Duarte em declarações à SIC Notícias.  

12h45 - Pais com filhos até aos oito anos vão poder optar pelo teletrabalho. A medida consta na proposta do Governo para alterar o Código do Trabalho, mas impõe a partilha "entre homens e mulheres". De acordo com a notícia avançada pelo Jornal de Negócios,  no documento, entregue ontem aos parceiros sociais, o Governo informa que pretende alargar o teletrabalho "aos trabalhadores e trabalhadoras com filhos menores de 8 anos de idade, ou filhos com deficiência, ou doença crónica". Neste momento, a medida só está para pais com crianças até aos três anos.

12h29 - "Máscaras são as melhores vacinas para o continente" africano nesta fase. O diretor do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), John Nkengasong, defendeu hoje numa conferência de imprensa que "as máscaras são as melhores vacinas para o continente nesta fase".

12h24 - Retalhistas britânicos pedem para regras de isolamento serem flexíveis. A federação de retalhistas britânicos exortou hoje o Governo a flexibilizar as regras que obrigam ao isolamento de um número crescente de pessoas que tiveram contacto com infetados com Covid-19 devido ao risco para o abastecimento de supermercados.

12h19 - OMS avisa para "impacto prolongado" da pandemia na saúde mental mundial. A Organização Mundial de Saúde (OMS) avisou hoje que os confinamentos e os impactos na saúde e na economia da pandemia da Covid-19 terão um "impacto prolongado" na saúde mental mundial. "Da ansiedade ligada à transmissão do vírus ao impacto psicológico dos confinamentos e do isolamento às consequências sobre o desemprego, as dificuldades financeiras e a exclusão social, toda a gente foi afetada de uma forma ou de outra", lê-se num comunicado.

12h00 - 'Pipoca' recebe vacina da Covid-19: "Sinto que hoje é um dia importante". Ana Garcia Martins recebeu esta quinta-feira, 22 de julho, a vacina contra a Covid-19. Um "dia importante" que destacou nas redes sociais, onde deixou também um elogio público ao Serviço Nacional de Saúde. "Já está. Sinto que hoje é um dia importante, assim uma espécie de alívio e, ao mesmo tempo, a esperança de que isto seja o passo que faltava para que possamos todos ultrapassar este pesadelo e voltar a VIVER", afirmou a antiga jornalista, de 40 anos.

11h48 - Meta realista da União Africana é vacinar 30% da população até fim do ano. O diretor do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), John Nkengasong, disse hoje que o "objetivo realista" é chegar a 30% da população africana vacinada até final do ano.

11h40 - Merkel preocupada com dinâmica "exponencial" de novas infeções na Alemanha. A chanceler alemã, Angela Merkel, disse hoje estar preocupada com a dinâmica "exponencial" de novas infeções de Covid-19 no país, particularmente devido à progressão da variante Delta, e exortou a população a ser vacinada. "Estamos a ter um crescimento exponencial e acho essa dinâmica preocupante. Temos de assumir que teremos uma duplicação em menos de duas semanas" do número de novas infeções, afirmou a chanceler.

11h16 - Campeão europeu de natação está infetado e falha Jogos Olímpicos. O nadador Ilya Borodin, campeão europeu dos 400 metros estilos, testou positivo ao novo coronavírus e vai falhar os Jogos Olímpicos Tóquio2020, anunciou na noite de quarta-feira a federação russa.  

10h51 - Tóquio com 1.979 novos casos na véspera da abertura dos Jogos Olímpicos. As autoridades de Tóquio contabilizaram hoje 1.979 novos casos de Covid-19, na véspera da inauguração dos Jogos Olímpicos na capital, número que é o mais alto em mais de seis meses.

10h01 - China rejeita proposta de nova missão da OMS sobre origem da Covid-19. Pequim rejeitou, esta quinta-feira, a proposta da Organização Mundial de Saúde (OMS)  para a realização de uma segunda fase de estudos na China com vista ao apuramento da origem do novo coronavírus. O governo chinês disse-se "surpreendido" com a proposta e afirmou que a comunidade científica deve concentrar todos os seus esforços na confirmação da hipótese "muito provável" de que o vírus tenha vindo de um animal.

09h46 - Animação noturna encerrada está a "enfraquecer o produto turístico". A AHRESP apela que o Governo mantenha e reforce as medidas de apoio para as empresas do setor, mas pede também que o Governo "planifique uma possível reabertura, anunciando de forma atempada esta possibilidade, para que os estabelecimentos possam planear os seus negócios". 

09h06 - Hoje é notícia: MP com menos magistrados; Testamento vital caiu a pique. Conheça aqui os títulos que estão a marcar as capas dos jornais desta quinta-feira, dia 22 de julho.

08h38 - Nova 'organização' dos concelhos conhecida hoje. O Governo vai reunir-se em Conselho de Ministros, esta quinta-feira, e a pandemia vai ser tema dominante em cima da mesa. Apesar de não serem esperadas novas medidas - o Executivo recordou que está agendada para dia 27 uma reunião com especialistas no Infarmed afirmando que, até lá, não tomará nenhuma outra decisão - será revelada qual a nova 'organização' dos concelhos perante a incidência dos casos da Covid-19. 

08h25 - Vacinação de jovens? "Processo vai concentrar-se aos fins de semana". Henrique Gouveia e Melo foi, esta quarta-feira, entrevistado no Jornal 2, e, instado a comentar as palavras do primeiro-ministro António Costa - que apontou a meta de vacinar com duas doses contra a Covid-19, no período entre 14 de agosto e 19 de setembro, 570 mil crianças e jovens entre 12 e 17 anos -, o vice-almirante afirmou que "as condições estão reunidas para se poder fazer essa vacinação face aos planos que temos de entrega de vacinas que estão previstas chegar a território nacional".

O coordenador da Task Force para a vacinação assinalou que "esse processo vai concentrar-se essencialmente aos fins de semana, para facilitar a vida dos pais e das crianças, e vai fazer-se em dois períodos: em agosto as primeiras doses e em setembro as segundas doses". 

08h05 - Como a mutação da Delta e da Épsilon consegue fugir das células de defesa. A mutação L452R - comum às variantes Delta (Índia) e Épsilon (Califórnia) - garante ao SARS-CoV-2 uma maior capacidade de fugir da resposta imunológica das nossas células. Estes são os resultados de um estudo liderado por investigadores das universidades de Tóquio e de Kunamoto, no Japão e citado pela Galileu.

07h33 - Alemanha reporta mais 1.890 casos e a incidência sobe para 12,2. A Alemanha reportou no último dia 1.890 novos casos de Covid-19 e 42 mortes, aumentando para 91.450 o número de vítimas mortais. Desde o início da pandemia, foram confirmadas 3.750.503 infeções, das quais mais de 3,6 milhões correspondem a pacientes recuperados.

07h17 - 47% da população vacinada e 64% tem pelo menos uma dose. O relatório de vacinação da Direção-Geral da Saúde (DGS), revelado esta quarta-feira, indica que 6.581.332 (64%) dos residentes em Portugal já têm pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19 - na semana passada eram 60% - e 4.860.822 (47%) tem a vacinação completa - eram 42%.

07h13 - Pintor percorre seis quilómetros para vender obras em Maputo. O pintor Simbraz Roberto, 29 anos, percorre diariamente seis quilómetros até uma das principais avenidas da capital moçambicana para vender os seus quadros, uma estratégia que abraçou para se "reinventar" face à crise resultante das restrições impostas pela pandemia.

07h10 - China deteta 12 casos locais como parte de novo surto em Nanjing. A Comissão Nacional de Saúde da China anunciou hoje a deteção de 50 novos casos de Covid-19, nas últimas 24 horas, 12 dos quais infeções locais, quase todos parte de um novo surto detetado em Nanjing.

07h07 - Total de infetados com Covid-19 na aldeia olímpica sobe para 91. O número de infetados com Covid-19 na aldeia olímpica de Tóquio2020 subiu hoje para 91, depois de mais dois atletas terem tido resultado positivo nos testes, num total de quatro residentes agora afetados pelo novo coronavirus.

07h04 - Biden apela à vacinação numa altura em que casos quase triplicaram. O Presidente dos EUA, Joe Biden, exortou na quarta-feira os norte-americanos a vacinarem-se contra a Covid-19, manifestando frustração com o abrandamento da vacinação e o aumento de casos, que quase triplicaram nas últimas duas semanas.

07h00 - Bom dia! Iniciamos aqui um novo registo para que possa acompanhar todas as incidências relacionadas com o novo coronavírus. Para recordar as notícias de ontem, clique aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Novos casos em França são não vacinados. Casos no Brasil sobem

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório