Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Índia ultrapassa 50 mil casos diários, pior registo em cinco meses

A Índia diagnosticou 53.476 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, o pior registo dos últimos cinco meses, informaram as autoridades, um dia depois de uma nova variante do coronavírus ter sido anunciada no país.

Índia ultrapassa 50 mil casos diários, pior registo em cinco meses

Este é o sexto dia consecutivo em que o país contabiliza mais de 40 mil infeções diárias, confirmando a curva ascendente da pandemia, e ultrapassando pela primeira vez os 50 mil casos diários desde 23 de outubro de 2020.

Na quarta-feira, as autoridades indianas informaram que foi detetada uma nova variante do coronavírus SARS-CoV-2 no país, mas recusaram que esta seja responsável pelo aumento de casos.

A nova variante tem duas mutações na proteína 'Spike' (que o vírus utiliza para entrar nas células), que podem facilitar a transmissão, disse o diretor do Centro de Biologia Celular e Molecular, Rakesh Mishra, à agência de notícias Associated Press (AP).

As mutações foram detetadas em 15% a 20% das amostras no estado de Maharashtra, o mais afetado pela nova vaga da doença, informou o Consórcio sobre Genoma (INSACOG, no original), formado pelo Ministério da Saúde indiano e dez laboratórios nacionais.

O organismo precisou que as mutações "não coincidem com nenhuma das variantes preocupantes catalogadas anteriormente", como as detetadas no Reino Unido, Brasil e África do Sul.

Apesar disso, o INSACOG considerou que a nova variante "não foi detetada em número suficiente para estabelecer, relacionar ou explicar o rápido aumento em alguns estados".

O aumento das infeções verificou-se, sobretudo, em seis estados: além de Maharashtra, o mais atingido, com mais de metade dos casos nas últimas semanas, também Punjab, Karnataka, Kerala, Chhattisgarh e Gujarat. Juntos, representam 81% das infeções nas últimas 24 horas, de acordo com o Ministério da Saúde indiano.

Nas últimas 24 horas, o país registou ainda 251 mortes provocadas pela doença.

A Índia tinha conseguido travar a progressão da pandemia, depois de atingir o pico de infeções em meados de setembro de 2020, quando foram diagnosticados 97.894 casos num só dia, mas as infeções voltaram a aumentar no último mês.

Desde o início da pandemia, a Índia contabilizou mais de 11,7 milhões de casos de covid-19 (11.787.534), sendo o terceiro país do mundo com mais infeções, atrás dos Estados Unidos e do Brasil.

A Índia é o quarto país do mundo com mais óbitos (160.692 mortes), a seguir aos Estados Unidos, Brasil e México, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins (EUA).

Com uma população de 1,3 mil milhões de habitantes, a Índia começou a campanha de vacinação em 16 de janeiro, tendo até agora vacinado mais de 53 milhões de pessoas (53.145.709), de acordo com os números atualizados diariamente pelo Ministério da Saúde indiano.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.735.411 mortos no mundo, resultantes de mais de 124,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Emergência votada hoje. AstraZeneca baixa eficácia de vacina

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório