Meteorologia

  • 23 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

AO MINUTO: Portugal com mais 1.212 recuperados; Internados a descer

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Portugal com mais 1.212 recuperados; Internados a descer

Esta terça-feira, os peritos de saúde pública de várias instituições reuniram com a ministra da Saúde, primeiro-ministro, Presidente da República e com os representantes dos partidos, no Infarmed, a partir das 10h00, onde é discutida a evolução da pandemia no país, no início da segunda semana do processo de desconfinamento. A reunião decorreu por videoconferência, estando presentes nas instalações da Autoridade Nacional do Medicamento a ministra da Saúde, Marta Temido, e a maioria dos especialistas.

Recorde-se que Portugal apresentou, ontem, uma incidência de 81,3 novos casos de infeção com SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes (deve estar abaixo dos 120) e um índice de transmissibilidade (Rt) de 0,89 (deve estar abaixo de 1), encontrando-se na zona verde da matriz de risco.

Ainda esta terça-feira, o Presidente da República começará a ouvir os partidos com assento parlamentar sobre a 14.ª renovação do Estado de Emergência, isto depois de ter admitido ontem ser "muito provável" que o mesmo se prolongue até maio.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

15h33 - Encerrámos este registo informativo. Obrigado por ter ficado connosco. Pode continuar a acompanhar as últimas notícias aqui.

15h26 - Trabalhadores em lay-off tradicional atingem valor mais alto desde 2005. O número de trabalhadores em lay-off tradicional, ou seja, no regime previsto no Código do Trabalho, mais do que duplicou em fevereiro face a janeiro, atingindo 10.599, o valor mais alto desde março de 2005.

15h10 - Crianças sem "papel relevante" na infeção de famílias. As crianças não têm um "papel relevante" nos contágios pelo vírus SARS-CoV-2 nas famílias, defendeu hoje o epidemiologista do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto Henrique Barros, que realçou também o menor risco de infeção neste grupo.

14h58 - Governo britânico prevê multa de 6.000 euros para férias no estrangeiro. As viagens para o estrangeiro sem "justificação razoável", nomeadamente de férias, serão proibidas por lei em Inglaterra pelo menos até maio e puníveis com multas de 5.000 libras (5.800 euros), revelou hoje o Governo britânico.  

14h55 - Espanha levanta restrições ao Reino Unido. Mantém com Brasil e África. A Espanha levantou hoje as restrições à entrada por via aérea e marítima de passageiros provenientes do Reino Unido, mas prolongou as que estão em vigor nos voos do Brasil e da África do Sul até meados de abril.

14h36 - PS aponta descida do número de novas infeções e aumento da testagem. O PS considerou hoje que Portugal está "no bom caminho" na contenção da Covid-19, registando uma descida dos novos casos diários de infeção, um índice de transmissão abaixo de 1 e um aumento da capacidade de testagem.

14h58 - Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e a sua esposa, Kim Jung-sook, recebem a vacina contra a Covid-19.

14h53 - CDS acusa Governo de criar "irresponsavelmente" perceção de insegurança. O CDS-PP acusou hoje o Governo criar "irresponsavelmente" uma perceção de insegurança com a suspensão da vacina da AstraZeneca e lamentou que até à semana passada a testagem nas escolas tenha ficado "abaixo de 0,1%".

14h51 - Portugueses dizem que estado de saúde global e mental piorou. Quase metade dos portugueses considera que o seu estado de saúde global piorou com a pandemia e um em cada cinco considera que o mesmo aconteceu com a sua saúde mental, segundo os dados hoje revelados. De acordo com a informações divulgadas por Carla Nunes, da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa na reunião de especialistas que decorreu no Infarmed, no que se refere à perceção do estado de saúde global, 46,3% reportou-o como muito mau, mau ou razoável.

14h49 - AstraZeneca promete dados atualizados ao regulador dos EUA em 48 horas. A AstraZeneca comprometeu-se hoje a dar num prazo de 48 horas dados atualizados sobre os ensaios clínicos da vacina anti-Covid-19 ao regulador norte-americano, que esta terça-feira alertou para uma eventual desatualização das informações fornecidas pelo laboratório anglo-sueco.

14h48 - Variante britânica pode representar 90% dos casos dentro de semanas. A variante do vírus SARS-CoV-2 identificada no Reino Unido deverá representar 90% dos novos casos de Covid-19 em Portugal dentro de "algumas semanas", alertou hoje o investigador João Paulo Gomes, do Instituto Ricardo Jorge (INSA).

14h39 - "Risco efetivo de transmissão está a aumentar", alerta primeiro-ministro. António Costa recorreu às redes sociais para reiterar os avisos em relação à situação pandémica, pedindo que sejam mantidas "todas as cautelas" apesar do período de desconfinamento.

14h15 - Portugal regista 10 mortes e 434  novos casos de infeção nas últimas 24 horas. Portugal registou hoje 10 mortes relacionadas com a covid-19 e 434 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico da DGS revela que estão internados 743 doentes (menos 28 do que na segunda-feira), o número mais baixo desde 06 de outubro, dia que estavam internadas 732 pessoas. Nos cuidados intensivos, Portugal tem hoje 159 doentes (menos seis em relação a segunda-feira), o valor mais baixo desde 18 outubro, dia em que Portugal tinha 155 doentes nestas unidades.

14h14 - António Alberto Maló de Abreu, deputado do PSD, reage após reunião no Infarmed. O deputado sublinhou a existência de "aspetos positivos" mas chamou a atenção para "sinais que não podemos esquecer" e "que são sinais preocupantes", dando como exemplo o "aumento da incidência da infeção" e a "mobilidade aumentada".  Pediu, ainda, um Governo "mais competente e menos incontinente" na gestão da pandemia.

14h09 - Partidos começaram a reagir, após reunião no Infarmed. Pode seguir aqui:

13h16 -  Ministra da Saúde deixa aviso: "Deveremos manter a atenção elevada e precaução como abordamos os próximos dias e semanas"

Em causa está, como indicou aos jornalistas, o contexto europeu, "adverso e preocupante", que faz com que "o risco efetivo de transmissão esteja a aumentar", e a prevalência da variante inglesa. 

13h04 - Marta Temido fala aos jornalistas após reunião no Infarmed.

12h55 - Reunião no Infarmed. Taxa de positividade dos testes de diagnóstico é de 1,2%. A taxa de positividade dos testes de diagnóstico do novo coronavírus em Portugal é atualmente de 1,2%, indicou hoje o presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, que apresentou a estratégia nacional de testagem.

12h50 - Duplicou percentagem de quem esteve com grupos fora do agregado familiar. Os comportamentos dos portugueses em relação às medidas de combate à Covid-19 pioraram no último mês, sobretudo nos mais jovens, duplicando a percentagem dos que reconheceram ter estado com grupos de 10 ou mais pessoas fora do agregado familiar.

12h31 - Pandemia já matou mais de 2,73 milhões de pessoas em todo o mundo. A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 2.732.899 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China, segundo o balanço diário da agência France-Press.

12h19 - Multas para 322 pessoas por violação das regras em Vila Nova de Gaia. A PSP multou 322 pessoas por violação das medidas de controlo da pandemia durante uma operação de fiscalização a 1.816 condutores e respetivas viaturas em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, informou hoje o comando policial metropolitano.

11h48 - Reunião no Infarmed. Gouveia e Melo diz que esta semana se alcançará um milhão de vacinados. "Um número interessante que vamos atingir esta semana é que vamos ter um milhão de portugueses vacinados com a primeira dose e meio milhão de portugueses vacinados com a segunda dose. Isto mostra a nossa capacidade de vacinação", disse.

11h37 - Reunião no Infarmed. Aumento do índice de transmissibilidade é "natural" mas tem riscos. O índice de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 "tem vindo a aumentar" e já atingiu 0,92, adiantou hoje o investigador Baltazar Nunes, do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), sem deixar de considerar a subida como "natural".

11h36 - Índia com 199 mortes e mais de 40 mil casos nas últimas 24 horas. A Índia contabilizou 199 mortes por Covid-19 e 40.715 casos nas últimas 24 horas, menos 6.236 do que na véspera, quando o país registou um novo máximo diário em quatro meses, segundo o Ministério da Saúde indiano.

11h35 - Reino Unido marca com silêncio aniversário do primeiro confinamento. O Reino Unido, país com o maior número de mortos por covid-19 na Europa, cumpre hoje ao meio-dia um minuto de silêncio em memória das vítimas da pandemia, marcando assim o aniversário do primeiro confinamento nacional. 

11h22 - Agência europeia admite avaliar vacina chinesa Sinopharm. A Agência Europeia do Medicamento (EMA) disse hoje estar em discussões com o grupo farmacêutico estatal chinês Sinopharm sobre a vacina desenvolvida contra a Covid-19, admitindo avaliar este fármaco para dar resposta às necessidades europeias e globais.

11h15 - Um ano de restrições no Reino Unido custou 291 mil milhões. Um ano de restrições no Reino Unido custou 251 mil milhões de libras (cerca de 291 mil milhões de euros), de acordo com um estudo do Centre for Economics and Business Research

11h11 - Moscovo e Pequim criticam política do Ocidente em matéria de vacinas. Os chefes da diplomacia russa e chinesa criticaram hoje a política do Ocidente em matéria de vacinas contra a Covid-19, demarcando-se de qualquer acusação de "oportunismo" e sublinhando que procuram apenas "salvar vidas".

11h09 - Reunião no Infarmed. Vacinação deve ir até aos 40 anos para haver maior segurança. A vacinação contra a Covid-19 deve estender-se até à população acima dos 40 anos para haver uma maior segurança ao nível de internamentos em cuidados intensivos, defendeu hoje o investigador da Direção-Geral da Saúde André Peralta Santos.

11h02 - AT está a efetuar melhorias na aplicação da flexibilização de pagamentos. A Autoridade Tributária (AT) está a efetuar melhorias na aplicação de flexibilização de pagamentos de impostos, permitida às empresas para mitigar os efeitos da pandemia e que, em alguns casos, está a exigir indevidamente a certificação dos sujeitos passivos.

10h56 - Atraso na vacinação na UE deve-se exclusivamente à AstraZeneca. Os atrasos na campanha de vacinação contra a Covid-19 na União Europeia devem-se exclusivamente ao "muito mau desempenho" da AstraZeneca, pois as restantes farmacêuticas estão a cumprir integralmente os contratos, disse hoje a diretora-geral de Saúde da Comissão Europeia.

10h45 - Regulador europeu planeia inspeções a fábricas russas da vacina Sputnik V. A Agência Europeia do Medicamento (EMA) disse hoje estar a planear inspeções na Rússia a fábricas e outros locais de produção da vacina russa contra a covid-19, a Sputnik V, garantindo avaliar este fármaco com "os mesmos procedimentos".

10h39 - Reunião no Infarmed. Índice de transmissibilidade (Rt) deve atingir 1 "nas próximas semanas". De acordo com o especialista Baltazar Nunes, o Rt está a aumentar, tal como "noutros países europeus", prevendo-se que em Portugal atinja o 1 "nas próximas semanas".

10h38 - Reunião do Infarmed. André Peralta Santos, da Direção-Geral da Saúde (DGS), falou na "manutenção da tendência de descida com incidência cumulativa a 14 dias de 79 casos por 100 mil habitantes".

10h21 - Madeira administrou 40.582 vacinas desde 31 de dezembro. A Madeira já administrou 40.582 vacinas contra a Covid-19 desde o dia 31 de dezembro de 2020, indicou hoje a Direção Regional de Saúde, explicando que 25.153 correspondem à primeira dose e 15.429 à segunda dose.

10h16 - Chile lança campanha de vacinação para os sem-abrigo. O Chile lançou uma operação especial de vacinação contra a Covid-19 destinada aos sem-abrigo, um segmento da população em risco sanitário e social, mas que está à margem de uma das mais bem-sucedidas campanhas de vacinação do mundo.

10h15 - África com mais 271 mortos e 9.195 infetados nas últimas 24 horas. África registou mais 271 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 110.164 desde o início da pandemia, e 9.195 novos casos de infeção, segundo os dados oficiais mais recentes no continente.

10h05 - Já começou a reunião na sede do Infarmed, em Lisboa.

9h48 - EMA desaconselha uso de antiparasitário para prevenir ou tratar Covid-19. A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) lembra que os medicamentos com ivermectina não estão autorizados para uso na Covid-19 na União Europeia e assegura não ter recebido nenhum pedido com esse fim.  Depois de analisados vários estudos, a autoridade concluiu que não há evidência que permita apoiar o uso do antiparasitário na Covid-19.

9h01 - Novo confinamento 'obrigou' quase 30 mil pessoas a registarem-se no IEFP. No final de fevereiro havia 431.843 indivíduos desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional, acima dos 402.254 inscritos no final do ano passado.

8h53 - Moedas vai criar plano de contingência de resposta a futuras pandemias. O cabeça de lista do PSD à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, anunciou hoje que vai criar um plano de contingência para responder a futuras pandemias coordenado pelo virologista Pedro Simas.

8h41 - Três novos sintomas a ter em atenção. Indivíduos que sofrem de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, podem apresentar três sintomas que ainda não são oficialmente reconhecidos pelas as autoridades de saúde.

8h20 - Alemanha reporta mais de 7 mil casos e 250 óbitos associados à Covid-19. Numa altura em que as autoridades alemãs temem a entrada numa "nova pandemia" devido à propagação das variantes da Covid-19, são reportados mais 7.485 novos contágios e mais 250 óbitos associados à doença causada pelo vírus SARS-CoV-2.

8h00 - Presidente da República reúne com partidos. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, inicia nova ronda de audiências com os partidos com assento parlamentar, por videoconferência, sobre a renovação do Estado de Emergência.

De acordo com a agenda do chefe de Estado, as audiências estão marcadas para entre as 15h30 e as 18h30, por esta ordem: IL, Chega, PEV, PAN e CDS-PP. Na quarta-feira, Marcelo ouvirá o PCP, BE, PSD e PS.

7h53 - AstraZeneca poderá ter fornecido dados incompletos de ensaio clínico. Um comité de análise de dados (DSMB) "expressou a preocupação que a AstraZeneca poderá ter incluído informação desatualizada daquele ensaio, o que poderá ter resultado numa análise incompleta dos dados sobre eficácia", indicou agência norte-americana, em comunicado.

7h50 - Oliveira do Bairro faz testes a alunos do pré-escolar ao 3.º ciclo. O Município de Oliveira do Bairro vai iniciar hoje três dias de testes ao SARS-CoV-2 aos alunos do pré-escolar e dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos, anunciou o presidente da Câmara.

7h32 - Organizador de manifestação contra confinamento testou positivo à Covid. Um dos organizadores da manifestação contra as medidas do Governo para controlar a pandemia, que decorreu em Lisboa no passado sábado, testou positivo à Covid-19, na segunda-feira.

7h31 - Merkel afirma que país atravessa "nova pandemia" e reforça confinamento. A Alemanha entrou numa "nova pandemia" devido à propagação das variantes da Covid-19, afirmou hoje a chanceler alemã, Angela Merkel, ao anunciar medidas de confinamento mais rigorosas.

"Temos um novo vírus (...) muito mais letal, muito mais infeccioso e contagioso durante muito mais tempo", declarou Merkel, numa conferência de imprensa em Berlim.

7h30 - Peritos e políticos reúnem-se hoje, na segunda semana de desconfinamento. O Presidente da República, o primeiro-ministro e representantes dos partidos reúnem-se hoje com peritos de saúde pública de várias instituições, no início da segunda semana do processo de desconfinamento do país.

7h28 - Grupo chinês doa a Angola kits para detetar novas estirpes. O grupo chinês de biotecnologia BGI Group doou ao Ministério da Saúde de Angola 40 mil kits para ajudar a detetar as novas estirpes do coronavírus responsável pela Covid-19, foi anunciado segunda-feira.

7h20 - As atualizações sobre a Covid-19 feitas esta madrugada:

7h15 - Bom dia! Estamos a iniciar um novo acompanhamento, esta segunda-feira. Clique aqui para conferir as atualizações de segunda-feira, relativamente à pandemia do novo coronavírus.

Leia Também: AO MINUTO: Relatório destaca ajuntamentos; 12 milhões de casos no Brasil

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório