Meteorologia

  • 20 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Cabo Verde confirma circulação de variante detetada no Reino Unido

Cabo Verde confirmou dois casos da variante do vírus SARS-CoV-2 detetada no Reino Unido, o que está a preocupar as autoridades de saúde, que reforçam os apelos para o cumprimento das medidas de prevenção da covid-19.

Cabo Verde confirma circulação de variante detetada no Reino Unido
Notícias ao Minuto

19:27 - 01/03/21 por Lusa

Mundo Covid-19

A informação foi avançada em conferência de imprensa, na cidade da Praia, pela presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), Maria da Luz Lima, indicando que de 24 amostras enviadas ao Instituto Pasteur, em Dacar, duas eram da variante detetada inicialmente no Reino Unido.

"Isto quer dizer que no país circulou ou está a circular a variante inglesa do vírus SARS-CoV-2", disse a presidente do INSP, informando que os dois casos são da ilha de Santiago.

"A confirmação da variante inglesa no país é preocupante, porque está associada a uma alta taxa de transmissibilidade, muito maior que o vírus original", deu conta Maria da Luz Lima, prevendo o surgimento de mais casos graves e, eventualmente, mais óbitos no arquipélago.

"Neste sentido, é fundamental continuarmos a insistir na implementação forte de medidas preventivas: o distanciamento, uso obrigatório de máscaras e a lavagem das mãos com água e sabão", mostrou a dirigente institucional.

Com a confirmação da variante inglesa, a presidente do INSP disse que a comunicação de risco vai ser reforçada em todo o país nos próximos dias para a consciencialização da população.

"Contamos com a colaboração de todos para a implementação das medidas preventivas para que Cabo Verde possa, finalmente, controlar a pandemia da covid-19", pediu a mesma fonte.

Apesar da sua alta taxa de transmissibilidade, o diretor nacional de Saúde, Jorge Noel Barreto, disse, por sua vez, que as informações estatísticas disponíveis ainda não conseguem avaliar o impacto que esta variante poderá ter no país.

"Tendo em conta que é uma variante que tem demonstrado ter capacidade de transmissão maior, e de provocar casos muito mais graves, nós esperávamos que por esta altura tivéssemos muito mais casos em Cabo Verde", sublinhou Jorge Barreto, lembrando que a capacidade de diagnóstico no país não tem diminuído.

Cabo Verde registou hoje 32 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, chegando a um total de 15.432 casos positivos acumulados no país desde 19 de março, 14.875 casos recuperados, 147 óbitos e há 397 casos ativos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos,2.531.448mortos no mundo, resultantes de mais de 114 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: OMS diz que "seria prematuro falar do final da pandemia"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório