Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2021
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Israel é o país do mundo que mais doses de vacinas administrou

Israel é o país onde já foram administradas mais vacinas contra a covid-19, tendo sido dadas 88,77 doses por cada 100 habitantes, num mundo onde a média se fica pelas 2,77 doses por cada 100 pessoas.

Israel é o país do mundo que mais doses de vacinas administrou
Notícias ao Minuto

13:52 - 24/02/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Segundo dados recolhidos pelo portal ourworldindata.org até 22 de fevereiro, a doses de vacinas administradas em Israel está agora a abrandar, tendo aumentado quase 14% desde a semana passada, abaixo de quase todas as regiões do mundo.

Em termos de regiões do mundo, a América do Norte continua a ser a mais imunizada, com 11,52 doses administradas por cada 100 habitantes, o que significa um crescimento de 23% face à semana passada.

Em termos relativos, o maior crescimento aconteceu no continente africano (61,5%), mas esta região continua a ser, em termos absolutos e em conjunto com a Oceânia, aquela onde foram administradas menos doses de vacinas: menos de uma por cada 100 habitantes (0,21).

Na União Europeia, onde tem havido muitas queixas devido aos atrasos nas entregas das farmacêuticas de vacinas aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento, a média ronda as 6,25 doses por cada 100 habitantes.

Este valor representa um crescimento de 24,5% do número de doses de vacinas administradas, mas fica aquem dos valores registados na Europa alargada (que inclui o Reino Unido).

O velho continente administrou, até segunda-feira, 7,01 doses de vacinas por centena de pessoas, aumentando 19% face à semana anterior.

No resto do mundo, a administração de vacinas continua muito baixa, com a América do Sul a ficar-se nas 2,56 doses por cada 100 habitantes, a Ásia nas 1,71 doses por centena de pessoas e a Oceânia a contabilizar apenas 0,01 dose por 100 habitantes.

Na análise da situação na União Europeia, Portugal situa-se no 12.º entre os que mais doses administraram, registando 6,81 doses administradas por cada centena de cidadãos, ou seja, mais 28,7% do que na semana passada.

Entre os 27 Estados comunitários, Malta é quem se posiciona na liderança da administração de vacinas, com 15,02 por cada 100 habitantes, seguida da Dinamarca (8,82) e da Islândia (8,19). O último lugar do grupo é preenchido pela Bulgária, que administrou, até dia 22, 2,13 doses de vacinas por centena de pessoas.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.474.437 mortos no mundo, resultantes de mais de 111 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.086 pessoas dos 799.106 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Vacinação. Portadores de doença rara devem integrar grupo prioritário?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório