Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Cuba estima perdas de mais de 5 mil milhões devido a sanções dos EUA

Cuba estimou hoje perdas de cerca de 5,6 mil milhões de dólares, em apenas um ano, por causa das sanções económicas impostas pelo Presidente dos Estados Unidos da América (EUA), o republicano Donald Trump.

Cuba estima perdas de mais de 5 mil milhões devido a sanções dos EUA
Notícias ao Minuto

23:21 - 22/10/20 por Lusa

Mundo EUA

O ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, Bruno Rodriguez, condenou o número cada vez maior de sanções impostas por Washington, citado pela Associated Press (AP), assunto que vai ser discutido na Assembleia Geral das Nações Unidas do próximo ano.

O bloqueio "é uma tentativa cada vez mais cruel de privar" a população cubana "de necessidades básicas para a sua sobrevivência", acrescentou Rodriguez, considerando que esta hostilidade política atingiu "níveis febris".

A perda dos cerca de 5,6 mil milhões de dólares (cerca 4,7 mil milhões de euros) ocorreu entre abril de 2019 e março de 2020, segundo Havana.

Às sanções juntaram-se fenómenos como a pandemia da doença (covid-19) provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) e a época de furacões que se aproxima, que levaram a uma escassez de alimentos e, ocasionalmente, de combustível.

"É cínico expressar uma suposta preocupação de que esta política afeta apenas os cubanos, mas é ainda mais cínico tentar justificá-la", vincou o chefe da diplomacia de Cuba.

Donald Trump aumentou recentemente as sanções contra Havana, banindo turistas norte-americanos de regressarem com bens, como, por exemplo, cigarros cubanos ou rum, ou de pernoitarem em hotéis detidos pelo Estado cubano.

O chefe de Estado norte-americano, que está a entrar na reta final da campanha paras as presidenciais de 03 de novembro, disse que as sanções vão manter-se até que Cuba liberta todos os prisioneiros políticos, legalize os partidos políticos e faça eleições livres com respeito pelos direitos de assembleia e de expressão.

Cuba, por seu turno, rejeitou quaisquer interferências externas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório