Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2020
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 24º

Edição

Líder supremo do Irão amnistia ou reduz penas a mais de 2.000 reclusos

O líder supremo do Irão, o 'ayatollah' Ali Khamenei, agraciou ou reduziu as penas de mais de 2.000 reclusos para assinalar duas festas muçulmanas, anunciou hoje a página eletrónica oficial do 'ayatollah'.

Líder supremo do Irão amnistia ou reduz penas a mais de 2.000 reclusos
Notícias ao Minuto

16:02 - 05/08/20 por Lusa

Mundo Irão

No total foram abrangidos 2.135 prisioneiros, condenados por "tribunais gerais, revolucionários, administrativos ou militares", acrescenta a mesma nota, sem mais pormenores.

Estas amnistias e reduções de pena foram concedidas por ocasião de duas festas muçulmanas, que se celebram nos dias 07 e 08 de agosto.

Desde março, dezenas de milhares de detidos foram libertados para limitar a propagação da pandemia do novo coronavírus nas prisões.

Segundo o porta-voz da autoridade judiciária, Gholamhossein Esmaïli, mais de 60.000 prisioneiros estão neste momento fora da prisão por esse motivo.

Desde o início da pandemia de covid-19 no Irão, no final de fevereiro, mais de 317.400 contaminações foram oficialmente registadas no país e 17.800 pessoas morreram.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 701 mil mortos e infetou mais de 18,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório