Meteorologia

  • 16 JULHO 2020
Tempo
37º
MIN 25º MÁX 39º

Edição

ONG pedem destituição de general suspeito da morte de ativista na RDCongo

Organizações não-governamentais apelaram na segunda-feira ao Presidente da República Democrática do Congo (RDCongo) para que demita o inspetor-geral do Exército, que consideram o principal suspeito da morte de um defensor dos direitos humanos, há 10 anos, no país.

ONG pedem destituição de general suspeito da morte de ativista na RDCongo
Notícias ao Minuto

06:38 - 02/06/20 por Lusa

Mundo RDCongo

Em 02 de junho de 2010, o diretor da ONG "La Voix des Sans Voix" (VSV), Floribert Chebeya, foi encontrado morto e o seu motorista foi declarado morto alguns meses mais tarde.

No dia anterior, os dois homens tinham ido à Inspeção-Geral da Polícia em Kinshasa.

Dez anos mais tarde, a VSV e várias organizações congolesas "apelam ao Presidente da República [Felix Tshisekedi] para que demita de funções o general John Numbi, que era o inspetor-geral da Polícia na altura dos acontecimentos e é atualmente inspetor-geral das Forças Armadas da República Democrática do Congo (FARDC)".

As organizações consideram que este gesto seria "um sinal forte na luta contra a impunidade dos crimes contra os defensores dos direitos humanos".

Pedem também que John Numbi seja colocado "à disposição da justiça, garantindo os seus direitos de defesa".

O presidente da VSV exigiu ainda ao chefe de Estado a reabertura do processo de Floribert Chebeya.

Cinco agentes da polícia foram condenados, na sequência de um julgamento levado a cabo por um tribunal militar em 2011, no qual John Numbi foi ouvido como testemunha.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório