Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2022
Tempo
MIN 8º MÁX 14º

AO MINUTO: Férias autorizadas no SNS. Mais 627 mortes no Reino Unido

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos da Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Férias autorizadas no SNS. Mais 627 mortes no Reino Unido
Notícias ao Minuto

07:52 - 12/05/20 por Melissa Lopes

Mundo Pandemia

A peregrinação internacional de maio começa esta terça-feira à noite, em Fátima, naquela que será uma celebração "atípica" face à pandemia da Covid-19, não contando com peregrinos pela primeira vez na sua história.  O Santuário de Fátima pediu aos peregrinos que, não podendo estar presentes, peregrinem "com o coração", desafiando-os a acender uma vela na noite de hoje, nas janelas das suas casas.

Os mais recentes dados da evolução da pandemia da Covid-19 dão conta de que os EUA, o país mais afetado, ultrapassaram a barreira dos 80 mil mortos, registando o continente americano recordes em número de mortos e de infetados. A nível global, o novo coronavírusinfetou mais de quatro milhões, um aumento de um milhão nos últimos 11 dias.

Por cá, o boletim epidemiológico divulgado esta terça-feira a dá conta de um aumento diário de 19 mortes e 234 novos casos de infeção, uma subida face aos dados de ontem. 

A DGS divulgou ainda que as visitas a lares poderão ser retomadas a partir de segunda-feira, dia 18 de maio, mediante o cumprimento de algumas condições.

Veja aqui o mapa da incidência da Covid-19 em Portugal e no resto do mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

16h00: Continue a seguir as incidências sobre a pandemia, AO MINUTO, aqui, e acompanhar outras notícias no nosso site

15h46: O Reino Unido regista mais 627 mortes por Covid-19, elevando o total para 32.692 desde o início da pandemia. Depois de três dias de descida, o registo diário de óbitos associados à Covid-19 volta a subir no país. Com  3.403 novos contágios, Reino Unido contabiliza um total de 226.463 infeções

15h45: Um tribunal da Alemanha do Estado da Baixa Saxónia suspendeu as regras que exigem que as pessoas que voltem do estrangeiro façam uma quarentena de 14 dias devido à pandemia.

15h39: O ministro do Planeamento, Nelson de Souza, admitiu hoje que as verbas da União Europeia para apoio ao emprego só estejam disponíveis em setembro, o que "complica as contas" do Governo face ao "enorme esforço" de financiamento do 'lay-off'.

15h29: O secretário de Estado da Saúde revelou hoje que há 3.148 profissionais de saúde infetados com o novo coronavírus, entre os quais 468 são médicos e 834 enfermeiros. Os dados dizem respeito a informação de domingo, referiu Lacerda Sales. 

15h24: Vai andar de transportes públicos? Se ainda se costuma esquecer da máscara, coloque um lembrete no telemóvel, sugere a PSP. Uso da máscara nos transportes é obrigatório, estando previstas multas para quem não o fizer. 

15h15: Siga ao pormenor a evolução da pandemia no país (e no seu concelho em particular) e no mundo através destes mapas. 

15h12: O principal conselheiro da Casa Branca para a pandemia de Covid-19, Anthony Fauci, alertou o Congresso de que, se o país reabrir demasiado cedo, a propagação do novo coronavírus provocará "sofrimento e morte desnecessários". A Rússia, sublinhe-se, é já o segundo país do mundo em número de infeções.

15h02: Dos EUA, uma imagem insólita de Times Square completamente vazia devido à pandemia causada pelo novo coronavírus. De recordar que o país já ultrapassou a barreira dos 80 mil óbitos.

14h59: O porta-voz de Putin foi hospitalizado depois de ter testado positivo para a Covid-19. "Sim, estou doente. Estou a ser tratado", declarou Dmitri Peskov, citado pelas agências russas TASSInterfax e Ria Novosti, sem fornecer mais informações.

14h49: Continuam as homenagens aos enfermeiros. Papa Francisco agradece-lhes o serviço prestado à Humanidade.

14h40: A diretora-geral da Saúde afirmou que o rastreamento a "outras situações", que não lares, prisões e creches, "será equacionado no devido tempo", admitindo que não está a ser ponderada alguma iniciativa junto das escolas que reabrem na segunda-feira.

14h35: Também a PSP assinala o dia agradecendo aos enfermeiros. 

14h26: ONU reitera aviso de que a crise socioeconómica provocada pela pandemia de covid-19, a par com o aumento dos preços, podem levar a que mais 6,9 milhões de pessoas no Médio Oriente e norte de África tenham dificuldades para se alimentarem

14h17: Regresso da Premier League promete dar (ainda) que falar. O mayor de Londres é contra o regresso aos relvados em junho por considerar que "ainda muito cedo"

14h10: Autoridades sanitárias dinamarquesas consideraram que a epidemia de covid-19 está controlada e avaliaram como "muito improvável" que o país possa ser afetado por uma segunda vaga do vírus

14h03: Em tempo de pandemia, o músico Pedro Abrunhosa inova e regressa aos palcos com um concerto 'drive in' #vensdecarrinho. Mas há regras a cumprir, uma delas é desligar o motor do veículo durante o espetáculo

13h59: Uma centena de enfermeiros fez-se representar por sapatos numa manifestação em Braga pela valorização da carreira, face à impossibilidade da presença física por se encontrarem na linha da frente do combate à pandemia de covid-19.

Notícias ao MinutoImpedidos de abandonar a linha da frente, enfermeiros fazem-se representar com... sapatos© Lusa

13h50: Por que nunca é demais recodar, a GNR lembra "que estamos em situação de calamidade e o uso de máscara de proteção individual ou viseira é obrigatório nos transportes públicos!"

13h43: mais de 286 mil mortos e mais de 4,1 milhões de infetados em todo mundo. Depois dos Estados Unidos (país mais afetado com 80.684 óbitos em 1.347.936 casos), os países mais afetados são o Reino Unido, com 32.065 mortos para 223.060 casos, Itália com 30.739 mortos (219.814 casos), Espanha com 26.920 mortos (228.030 casos) e França com 26.643 mortos (177.423 casos)

13h36: Especialistas alemães em violência e extrema direita alertam para a possibilidade de os protestos que se têm repetido nas últimas semanas em todo o país contra as medidas de confinamento e distanciamento social poderem tornar-se radicais

13h28: Lisboa (1.791), Vila Nova de Gaia (1.458), Porto (1.304), Matosinhos (1.216), Braga (1.153) e Gondomar (1.050) são os seis concelhos com mais de mil infetados. Saiba quantos casos há no seu concelho

13h20: Secretário de Estado da Saúde começou conferência diária da DGS saudando e elogiando o papel dos enfermeiros no Serviço Nacional de Saúde. E para "devolver alguma normalidade" ao setor, "o Ministério da Saúde decidiu revogar o despacho de 15 de março que restringia o gozo de férias dos profissionais de saúde", anunciou Lacerda Sales.

"Assim, está novamente autorizado o gozo de férias pelos profissionais de saúde, desde que seja acautelado o normal funcionamento do serviço tendo em conta a necessidade de prontidão de resposta a um eventual aumento de incidência de Covid-19 em Portugal", indicou o governante.

13h15: Arrancou a conferência de imprensa da DGS. Acompanhe aqui em direto

13h10: Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 19 mortes associadas à Covid-19, o que representa uma subida face aos dados de ontem. O país regista agora 1.163 óbitos desde o início do surto e, com 243 novos casos confirmados, são já perto de 28 mil os infetados com o novo coronavírus (27.913). Há, neste momento, 3013 recuperados.

12h58: Organização Mundial de Saúde também presta homenagem aos enfermeiros neste dia que lhes é especialmente dedicado. "O mundo precisa de mais enfermeiros. Enfrentamos uma escassez global de pelo menos 5,9 milhões [destes profissionais", assinala a OMS, referindo que investir em enfermagem "é vital para fortalecer a força de trabalho como um todo". "Sem isso, os países não podem vencer a batalha contra pandemias.

12h50: Nesta pandemia, há um emoji que se tem destacado dos demais. Adivinha qual?

12h30: Hospital de Santa Maria publica carta de agradecimento que os profissionais de saúde receberam de crianças. Maria escreveu aos "enfermeiros e médicos" do hospital onde nasceu para agradecer os "milagres e muitas outras coisas que conseguem fazer" e que a ajudaram a ficar menos assustada com a pandemia da Covid-19.

12h15: O PCP propôs hoje, no Parlamento, a regulamentação urgente da gratuitidade das creches para todas as crianças até 2023 e um reforço no número de trabalhadores para "melhorar a resposta às necessidades das famílias".

12h10: O Bloco de Esquerda esteve reunido durante a manhã de hoje com especialistas de saúde para discutir propostas para o SNS. 'Manifesto pela Saúde' inclui medidas como o financiamento e reforço das contratações para recuperar a atividade programada, melhorar cuidados de saúde primários e ligação com lares, reforçar a saúde mental e a produção pública de medicamentos e produtos de saúde.

12h00: Salvador Malheiro, autarca de Ovar (município que esteve sujeito a cerca sanitária no início do surto), revela que o "esforço" da população está a resultar. "O Município de Ovar está claramente melhor", salienta, lembrando, contudo, "que não podemos facilitar".

11h45: O Hospital de Santa Maria, em Lisboa, vai começar a realizar testes rápidos de deteção de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 que permitem resultados em cerca de uma hora, anunciou hoje o Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN).

11h30: A nível local, outra boa notícia: Os testes à Covid-19 realizados recentemente em cerca de 500 utentes e funcionários de lares de idosos e estruturas residenciais de Castelo de Paiva deram resultado negativo, informou hoje a câmara municipal.

11h25: O Presidente da República saudou a declaração de compromisso para a retoma económica assinada pelo Governo, confederações patronais e UGT, considerando-a um contributo para "um clima de confiança e de paz social".

11h16: Após a assinatura do compromisso sobre as condições de retoma da economia, o primeiro-ministro afirmou que "aquilo que é fundamental para podermos retomar a nossa atividade chama-se confiança". "Confiança em relação à segurança e à confiança que podemos ter nos estabelecimentos onde vamos, na forma como nos deslocamos, na forma como trabalhamos e na forma como desenvolvemos a nossa atividade empresarial", detalhou.

É por isso que é "fundamental" a declaração "transversal", o "compromisso que envolve todos os parceiros sociais, de que vamos assegurar a retoma de acordo com as melhores práticas definidas pela DGS, com base no melhor conhecimento científico que temos".

António Costa sustentou ainda que "é preciso sermos francos uns com os outros", afirmando não ser possível "retomar a atividade sem constrangimentos", constrangimentos que "geram incómodos". E disse compreender que "os empresários da restauração digam que é muito difícil abrir os restaurantes seguindo o conjunto das limitações, que os jogadores digam que é muito difícil desenvolver a  atividade (...)". 

Todavia, "temos de ser claros: Viver com o vírus implica viver com muitas limitações, mas essas limitações são fundamentais para que o cidadão ganhe confiança e sinta segurança em poder ir ao cabeleireiro/barbeiro, ir ao centro comercial e ir trabalhar", vincou o chefe do Executivo. 

11h10: No desporto, mais uma competição adiada. O Mundial de Futsal, que se realizaria este ano na Lituânia, só acontecerá em 2021. 

10h50: De acordo com os dados revelados pelas autoridades, Espanha contabiliza um total de 228.030 de infetados e 26.920 óbitos desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, morreram em solo espanhol 176 pessoas devido à Covid-19 e registaram-se 426 novos casos.

10h40: Um estudo realizado em Nova Iorque conclui que 98,7% das pessoas que contraíram o novo coronavírus e que tiveram sintomas ligeiros da doença geraram anticorpos que lhes deu imunidade nos meses seguintes. Mas o tempo que dura a imunidade ainda permanece uma incógnita. 

10h30: Boas notícias vindas do Porto. Está curada a primeira doente internada no Hospital Campanha da cidade. Trata-se de uma refugiada iraniana que esteve internada durante 25 dias. 

10h27: No dia em que se assinala o Dia Internacional do Enfermeiro, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) agradece a dedicação e empenho destes profissionais. "Muito obrigado".

10h20: Com 65 mortes registadas nas últimas 24 horas, a Bélgica contabiliza um total de 8.761 de óbitos desde o início da pandemia. O país registou 330 novos casos de infeção, aumentando para 53.779.

10h12: O número de mortos em África devido ao novo coronavírus sobe para 2.336 em mais de 66 mil casos confirmados. 

10h05: Na Índia, a gigantesca rede ferroviária de passageiros, que estava parada desde o final de março para combater a propagação do novo coronavírus, retomou parcialmente o serviço hoje, apesar da aceleração da epidemia.

9h48: A Alemanha contabiliza hoje um total de 170.508 casos de Covid-19, verificando um aumento de 933 em relação ao dia anterior, de acordo com os valores avançados pelo Instituo Robert Koch (RKI). Houve ainda uma subida de 116 vítimas mortais para um total de 7.533 e um valor estimado de 147.200 pessoas recuperadas da doença, com um crescimento de 1.600 nas últimas 24 horas.

O país regista assim uma subida do aumento diário quer do número de novos casos quer do número de óbitos, face ao dia anterior em que se tinham registado 357 infetados e 22 óbitos

9h40: Donald Trump interrompeu, de forma abrupta, a conferência de imprensa desta segunda-feira após uma troca de palavras mais acesa com uma jornalista de origem asiática. Esta questionou o presidente norte-americana sobre qual a necessidade da competição entre países quando o que está em causa são vidas humanas, ao que Trump respondeu que isso é uma pergunta que tem de fazer aos chineses. Veja o momento.

9h30: A autarca Anne Hidalgo voltou a pedir a reabertura dos jardins e parques de Paris, "tendo em conta as necessidades dos parisienses" e o facto de a cidade ser muito densa. Nestes espaços, o uso de máscara seria obrigatório.

Ao fim de dois meses de confinamento, os franceses saíram esta segunda-feira à rua. Recorde as imagens aqui. 

9h15: Assinala-se hoje o Dia Internacional do Enfermeiro. Força Aérea presta um agradecimento especial a estes profissionais. 

9h00: Ryanair anunciou esta terça-feira que prevê retomar 40% da programação normal de voos a partir do dia 1 de julho, sendo que tal está dependente do levantamento das restrições de viagens impostas pelos vários países e da aplicação de medidas de segurança e higiene nos aeroportos.

8h45: O Infarmed alertou  para a existência de testes rápidos de Covid-19 falsificados no mercado europeu e avisou que apenas podem ser disponibilizados por fabricantes e distribuidores autorizados e não devem ser comprados na internet.

8h39: A Organização Mundial de Saúde (OMS) aconselha os países a responder a três perguntas para decidir sobre o desconfinamento. A saber: A epidemia está sob controlo?; O sistema de saúde é capaz de lidar com o ressurgimento de casos?; O sistema de vigilância é capaz de detetar e gerir os casos e os contactos destes?

8h35: O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) considera que o baixo número de doentes com Covid-19 em Portugal, comparativamente a outros países, resulta da "intervenção precoce" das autoridades e da reduzida importação de casos do estrangeiro.

8h20: A DGS reforça que a máscara deve ser utilizada em conjunto com outras medidas preventivas: o distanciamento, a etiqueta respiratória e a higiene das mãos. E já agora, sabe exatamente como deve colocar e retirar a máscara?

8h00: Do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) chega um alerta: Não haverá vacina ou tratamentos para a Covid-19 nos próximos meses, sendo "muito provável" que só cheguem em 2021. Organismo aconselha, por isso, "cautela" no levantamento das medidas.

O ECDC admite ser "muito provável" ocorrer uma segunda vaga de contágios de Covid-19, estimando que, apesar de os países estarem melhor preparados, haja número semelhante de casos graves ou mortes.

O especialista Sergio Brusin antecipa ainda que o próximo verão na Europa "não será normal", sublinhando a necessidade de manter distanciamento em praias e em voos.

7h45: Pelo menos cinco doentes com Covid-19 morreram hoje num incêndio numa unidade de cuidados intensivos (UCI) num hospital de São Petersburgo, na Rússia.

7h30: Espanha decreta quarentena obrigatória de 14 dias a quem chegue do estrangeiro, segundo determinações do Ministério da Saúde espanhol que entram em vigor já a partir do dia 15, sexta-feira. 

7h00: A China detetou, nas últimas 24 horas, apenas um novo caso de infeção pelo novo coronavírus, após um aumento repentino durante o fim de semana, que fez temer uma segunda vaga.

6h30: No Brasil, o presidente Bolsonaro incluiu  ginásios e academias desportivas "de todas as modalidades", salões de beleza e barbearias na lista de serviços considerados essenciais para funcionarem no país durante a pandemia.

6h00: A peregrinação internacional de maio começa hoje à noite, em Fátima, naquela que será uma celebração "atípica" face à pandemia da covid-19, não contando com peregrinos pela primeira vez na sua história.

 Recorde aqui as incidências da Covid-19 em Portugal e no Mundo do dia anterior. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório