Meteorologia

  • 02 JUNHO 2020
Tempo
23º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Covid-19: Governo do Peru atribui subsídios a um milhão de famílias

O Governo do Peru concedeu um apoio de 380 soles (cerca de 100 euros) a um milhão de famílias, para enfrentar a quarentena devido à pandemia de covid-19, e prevê alargar a medida a mais 2,5 milhões de agregados familiares.

Covid-19: Governo do Peru atribui subsídios a um milhão de famílias
Notícias ao Minuto

20:25 - 28/03/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Na sequência da emergência sanitária decretada no dia 13, o Presidente do Peru, Martín Vizcarra, anunciou os apoios económicos do Governo para assegurar o cumprimento da quarentena a travar a propagação do novo coronavírus.

"Um milhão de famílias já tem 380 soles para aliviar as medidas drásticas que tomámos para vencer esta doença [covid-19] e vamos chegar ao resto das famílias", afirmou Vizcarra, citado pela agência Efe, aludindo aos 3,5 milhões de agregados familiares em situação de pobreza extrema selecionados para receber o subsídio.

Dado que a quarentena se estenderá por mais duas semanas, até ao dia 12 de abril, o valor do subsídio será duplicado.

"É um trabalho complexo, porque nunca antes tínhamos tido que transferir [dinheiro] para mais de três milhões de famílias", disse o chefe de Estado.

Além disso, o executivo do Peru aprovou a transferência de 213 milhões de soles (mais de 55 milhões de euros) para que os municípios entreguem cabazes com bens de primeira necessidade a 2,5 milhões de famílias vulneráveis, medida que deverá abranger 10 milhões de peruanos.

Este sábado contabilizavam-se no Peru 671 pessoas infetadas com o vírus da covid-19, 84 das quais estão hospitalizadas. Destas, 33 estão em unidades de cuidados intensivos e 30 com recurso a ventiladores.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 640 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 30.000.

Dos casos de infeção, pelo menos 130.600 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório