Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2020
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Covid-19: O oitavo dia após aparecimento de sintomas é o mais crítico

Infecciologista espanhol refere que os doentes chegam ao oitavo dia e a maior parte melhora, mas alguns pioram.

Covid-19: O oitavo dia após aparecimento de sintomas é o mais crítico

De acordo com um especialista ouvido pelo La Vanguardia, o oitavo dia após o primeiro aparecimento de sintomas parece ser o mais crítico para o doente de Covid-19. Ao oitavo dia o doente segue uma de duas vias: a maioria melhora, mas entre 15% a 20% sofre inflamação dos pulmões e o estado de saúde piora, podendo terminar nos cuidados intensivos.

Quem o diz é a equipa de infecciologia do Hospital Clínic de Barcelona, liderada por Àlex Soriano, onde começaram a ser tratados os primeiros pacientes do surto do viral. O infecciologista refere que a inflamação dos pulmões continua a ser a etapa mais difícil.

De acordo com Àlex Soriano, desconhece-se porque é que o sistema imunitário de alguns infetados reage de forma tão adversa, colocando os pulmões no limite, e noutros não. Poderão existir razões genéticas ou outras predisposições desconhecidas, garante.

O vírus SARS-Cov-2 tem-se alastrado de forma avassaladora, não permitindo a chegada a conclusões, pelo menos, para já. Mas os dados continuam a ser recolhidos por forma a encontrar o perfil de quem pode ser mais suscetível à infeção.

Recorde-se que a Espanha é um dos países mais atingidos pelo novo coronavírus, tendo registado desde o início da pandemia e até hoje 39.673 casos de covid-19, dos quais 2.696 morreram e 3.794 tiveram alta e são considerados como curados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório