Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Valência: Influencers filmam-se a atirar comida a sem-abrigo. "Classismo"

Duas influencers espanholas filmaram-se a distribuir comida por "bairros pobres e conflituosos de Valência", atirando-a da janela do carro.

Valência: Influencers filmam-se a atirar comida a sem-abrigo. "Classismo"

Duas influencers espanholas conhecidas como Danna e Maribe foram obrigadas a remover um vídeo dos seus canais de YouTube e a dar explicações aos seus seguidores, depois de se terem filmado a atirar sacos com bolos pela janela do carro em bairros pobres de Valência.

Maribe, que se define como 'life coach' e tem mais de 73 mil subscritores no seu canal 'Elvasomediolleno', foi quem publicou o vídeo, que se intitulava '24 horas a fazer os outros felizes'.

Durante cerca de 16 minutos, as imagens mostravam as duas jovens a guiar e a atirar sacos de madalenas a pessoas que iam encontrando na rua. "A Maribe decidiu meter-se em bairros... bem, bairros pobres e conflituosos de Valência e está a abrir a minha janela - a minha janela e não a dela - e a dar assim, conforme vai encontrando pessoas", disse Danna, sentada no lugar do pendura e a filmar os acontecimentos.

"Querem um pacote de madalenas?", gritava Maribe, na sua janela, sem largar o volante. "Aqui estão! Tenham um bom dia, xau!", diz, enquanto atira um pacote para a estrada. "Como podem ver, sim, estamos a fazer isto", descreve Danna, acrescentando que vão "repondo o saco" e depois "repartindo como se fosse o dia de Reis".

Embora a youtuber tenha explicado, já em casa, que gostou de "como se iluminou a cara" das pessoas que encontrou, a polémica não tardou em fazer-se sentir. Uma utilizadora de Twitter partilhou as imagens com a seguinte legenda: "Classismo e romantização da pobreza em estado puro. Aviso que é muito mau".

Nenhuma das duas acredita que fez algo de mau. "Tenho a consciência tranquilíssima", disse Danna, através da sua conta de Instagram. "Aqueles que dedicarem tempo a ver o vídeo do início até ao fim, não acredito que possam ver uma intenção má. Aquilo que estávamos a fazer, de verdade, era a ajudar as pessoas", explicou, citada pelo El Mundo.

"É melhor aquele que fica em casa a criticar do que aquele que vai distribuir comida ou roupa com pessoas com poucos recursos económicos?", questionou, atribuindo a perceção negativa do vídeo a "duas frases mal expressadas". Acabaram, porém, por remover o vídeo. "Mas vá, levem a bicicleta, que somos muito más pessoas", terminou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório