Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

Menino atira-se de nono andar para fugir a violência dos pais

Pais admitiram que batiam na criança e podem incorrer agora numa pena de prisão até cinco anos.

Menino atira-se de nono andar para fugir a violência dos pais

Um menino ucraniano de oito anos morreu depois de se atirar da janela do apartamento onde vivia com os pais, num nono andar. A criança estaria, alegadamente, a fugir de mais um episódio de violência por parte dos pais.

De acordo com o The Sun, o incidente aconteceu a 23 de agosto, quando Anton estava a chegar a casa da escola. Um dos vizinhos diz que ouviu os pais a baterem no menino e depois o som de alguém a correr.

"Passaram-se alguns segundos e depois ouvi o som terrível de um corpo a bater no chão", acrescentou Zhanna, uma vizinha do mesmo prédio, em Enerhodar, na Ucrânica.

"Fui à janela da cozinha e vi o corpo lá em baixo. Chamei uma ambulância e a polícia", acrescentou a mulher.

Anton ficou com ferimentos muito graves na cabeça e acabou por ser declarado morto no local.

De acordo com a mesma publicação, os pais indicaram que batiam no filho quando este se portava mal e admitiram que ele se atirou da janela logo após lhe terem batido. Ambos estão a ser investigados e podem incorrer numa pena de prisão de até cinco anos, se forem considerados culpados.

Oksana Zelenska, diretora da escola que Anton frequentava, afirmou à imprensa que o menino tinha algumas dificuldades de aprendizagem e tinha repetido o primeiro ano. "Os pais não estavam minimamente interessados nele", acrescentou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório