Meteorologia

  • 22 JULHO 2019
Tempo
28º
MIN 22º MÁX 33º

Edição

Morreu 'Dumbo', o elefante que dançava para os turistas na Tailândia

Tal como outros elefantes bebés no jardim zoológico de Phuket, na Tailândia, 'Dumbo' dançava para os turistas. Morreu no mês passado com as pernas partidas.

Morreu 'Dumbo', o elefante que dançava para os turistas na Tailândia

'Dumbo', assim apelidado por ativistas que o queriam libertar do jardim zoológico de Phuket, na Tailândia, era obrigado a dançar para divertir os turistas que visitavam o parque. Morreu no mês passado com as pernas partidas e outras mazelas. 

Os veterinários descobriram que, além das pernas partidas, o emagrecimento e infeções digestivas contribuíra para a morte do pequeno animal. 

Dumbo colapsou a 13 de abril e foi já no hospital veterinário que se descobriu que tinha as pernas partidas. Uma semana depois, o animal acabou por não resistir à sua condição debilitada. 

A Moving Animals, organização defensora dos direitos dos animais, gravou e divulgou diversos vídeos que mostravam o animal a ser obrigado a dançar para os turistas.

Na altura,  as imagens resultaram numa enorme revolta que motivou uma petição cuja missão era libertar Dumbo. Agora, após a morte do animal, a organização vai mais longe e pede inclusive o encerramento do zoológico, tendo a nova petição já reunido  62 mil assinaturas. 

Em sua defesa, o jardim zoológico de Phuket nega ter maltrado o animal e garante não ter qualquer responsabilidade na morte de 'Dumbo', considerando o sucedido "um acidente horrível". 

Da Tailândia, ainda esta semana, chegou a notícia de um outro elefante bebé que caiu exausto, enquanto caminhava amarrado à mãe que, por sua vez, carregava turistas no parque de Nong Nooch

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório