Meteorologia

  • 22 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

"Pensei que fosse a minha casa". Polícia que matou jovem defende erro

Amber Guyger, de 30 anos de idade, estava a caminhar para sua casa, no Texas, quando entrou na casa de Botham Jean, de 26 anos, e matou-o.

"Pensei que fosse a minha casa". Polícia que matou jovem defende erro

A ex-polícia de Dallas, no Texas, que enfrenta uma acusação de homicídio depois de matar um jovem afro-americano de 26 anos em setembro do ano passado, ligou para as urgências em desespero, depois do crime, dizendo pelo menos 19 vezes que pensou que estava no seu apartamento.

Recorde-se que Amber Guyger, de 30 anos de idade, estava a caminhar para a sua casa quando, em circunstâncias pouco claras, entrou na casa de Botham Jean e matou-o.

De acordo com a CNN, a mulher estava muito perturbada e, durante a chamada que fez para os serviços de urgência, falou para o operador, para a vítima, para ela própria e, por fim, para os agentes que chegaram ao local.

Enquanto chorava, o operador dizia que estava a chegar ajuda ao local. “Eu sei, mas vou perder o emprego. Pensei que era o meu apartamento”, dizia a agente.

Guyger, sublinhe-se, foi acusada de homicídio por negligência e foi despedida da força, logo em setembro do ano passado. Porém, um tribunal mudou a sua acusação para homicídio qualificado em novembro, mantendo a defesa de Guyger que a morte de Jean foi “mesmo um erro”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório