Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 16º

Edição

Guaidó fala ao país: "Eles representam a morte. Não se rendam"

O autointitulado presidente interino da Venezuela está a discursar, na tarde desta quarta-feira, em Caracas.

Guaidó fala ao país: "Eles representam a morte. Não se rendam"

Juan Guaidó dirige-se, esta tarde, ao povo venezuelano depois de ontem ter dado início à "úlitma fase da Operação Liberdade" que pretende derrubar o governo de Nicolás Maduro.

O autointitulado presidente interino venezuelano começou por dizer que "hoje não há como voltar atrás".

"Temos um plano para o país, um projeto. Eles representam a morte. A opção pela mudança representa a vida e a vida sempre encontra o seu lugar", disse Guaidó.

Durante a marcha do 1.º de Maio, Juan Guaidó reconheceu que os próximos dias vão ser de "caça às bruxas nas Forças Armadas" devido à divisão no interior da instituição entre apoiantes de Maduro e de Guaidó.

"Vamos manter os pés firmes em terra, avançando e construindo os nossos sonhos. E se a noite ficar escura, ainda mais escura, recordar-nos-emos que a fé de um povo é inquebrável", afiançou citado pelo jornal El País.

Para terminar, Guaidó sublinhou que o povo venezuelano está "no caminho certo" e que "hoje não há como voltar atrás, porque vamos com tudo".

"Não se rendam", rematou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório