Meteorologia

  • 29 MARçO 2020
Tempo
17º
MIN 9º MÁX 19º

Edição

Homem que matou mulher e filhos admitiu que se "divertiu" a fazê-lo

Confissão foi feita numa carta que escreveu.

Homem que matou mulher e filhos admitiu que se "divertiu" a fazê-lo

Alan Howe, homem que matou a mulher e os três filhos, admitiu numa nota que se "divertiu" ao matar a companheira.

O crime aconteceu em agosto de 2016, altura em que o homem, descrito pelo Mirror como doentio, massacrou a sua mulher de 39 anos e os filhos Liam, Niall e Ryan.

O homem terá matado primeiro a mulher, na casa onde residiam na Irlanda, e depois disso sentou-se na mesa da cozinha para escrever uma nota de confissão/suicídio.

"Penso que tive uma espécie de psicose que fez com que e divertisse com isto", escreveu.

Depois pegou numa faca de cozinha e subiu ao segundo andar da casa, onde dormiam os filhos, para os matar durante o sono. Voltaria a descer e a escrever uma nova nota.

"Acho que houve algum tipo de psicose que me fez gostar disso, mas no momento senti o oposto. Sinto muito pela forma como os matei, simplesmente não tinha outra hipótese", escreveu.

Na mesma nota pode ler-se ainda que muitas pessoas o viam como alguém simpático, mas não faziam ideia do que se passava dentro dele.

Alan acabou por suicidar-se em seguida.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório