Meteorologia

  • 20 ABRIL 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 16º

Edição

Apesar de telefonema de Trump, menina ainda acredita no Pai Natal

O Presidente dos EUA, ao saber a idade da criança, perguntou-lhe se ainda acreditava no Pai Natal.

Notícias ao Minuto

10:05 - 26/12/18 por Sara Gouveia 

Mundo EUA

Uma menina, de sete anos, deixou bolachas para o Pai Natal mesmo depois de o presidente norte-americano lhe ter dito ao telefone que era "raro" para alguém da sua idade ainda acreditar no velhote de barbas vestido de vermelho.

Como parte dos seus deveres natalícios, Donald Trump atendeu uma chamada de Collman Lloyd da Carolina do Sul. A criança tinha ligado para o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (NORAD), que opera o localizador do Pai Natal desde 1995, e a pessoa que a atendeu encaminhou-a para falar com o presidente.

Num vídeo partilhado no YouTtube pela família da menina é possível ouvir Trump a perguntar: "Ainda acreditas no Pai Natal?". "Sim, senhor", responde Collman com um tom assertivo. 

"Porque aos sete anos é raro, certo?", acrescenta Trump. Ao que a menina lhe diz: "Sim, senhor".

Collman confessou mais tarde aos meios de comunicação locais não ter percebido a questão e que por isso respondeu afirmativamente.

Donald Trump foi arrasado pelos críticos por ter tentado insensivelmente dar uma lição de realidade à criança. O casal presidencial faz parte do grupo de voluntários que, durante a véspera de Natal, atende as chamadas das crianças.

No entanto isso parece não ter tido impacto em Collman que, juntamente com os irmãos, deixou leite e bolachas prontas para o Pai Natal e que no dia seguinte encontrou presentes debaixo da árvore. O leite e as bolachas tinham desaparecido.

Veja as reações da menina durante a chamada telefónica no vídeo acima.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório