Meteorologia

  • 18 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Extremista que atropelou mulher em protesto em Charlottesville condenado

James Fields Jr. foi condenado por homicídio em primeiro grau.

Extremista que atropelou mulher em protesto em Charlottesville condenado
Notícias ao Minuto

23:50 - 07/12/18 por Pedro Filipe Pina 

Mundo James Fields Jr.

James Fields Jr., o membro de extrema-direita que atropelou uma multidão de pessoas e matou uma mulher em Charlottesville, em 2017, foi hoje condenado por um júri pelo crime de homicídio em primeiro grau.

Recorde-se que foi em agosto de 2017 que decorreu o comício 'Unite the Right', evento que juntou na pequena cidade norte-americana de Charlottesville vários supremacistas brancos e membros da extrema-direita.

O comício contou com contra-protesto, um que terminou de forma trágica quando James Fields Jr. conduziu o seu carro contra o grupo de manifestantes. Entre eles estava Heather Heyer, uma ativista de 32 anos, que acabou por morrer. Dezenas de pessoas ficaram com ferimentos na sequência do ato de James Fields Jr.

Conta o New York Times que James Fields Jr. acabou condenado por homicídio em primeiro grau após sete horas de deliberação entre os jurados, que chegaram a um consenso sobre a intenção premeditada do agora condenado. 

Durante os nove dias em que decorreu o julgamento dezenas de vítimas de James Fields Jr. prestaram testemunho em tribunal. Entre eles estava um homem que empurrou a namorada, acabando por arcar ele com o impacto do carro de James Fields Jr., bem como uma mãe que ficou com as duas pernas e a coluna partida por culpa do homicida.

Apoiante do Ku Klux Klan e de movimentos neonazis, James Fields Jr. viu ser dada como provada a sua intenção. As várias suásticas que exibiu em diferentes momentos no passado serviram de argumento, tal como uma troca de mensagens com a mãe antes dos acontecimentos. A mãe de James Fields Jr. pediu ao filho para este "ter cuidado" durante o comício, ao que este respondeu que eram eles "quem precisava de ter cuidado", mensagem essa que fez acompanhar de uma fotografia de Adolf Hitler. 

Este julgamento foi levado a cabo e concluído em Charlottesville mas James Fields Jr. ainda não sabe ao certo o seu futuro, dado que arrisca ainda ser condenado à pena de morte por um segundo julgamento que vai decorrer, a nível federal, em que está acusado de crime de ódio.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório