Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 16º

Edição

Jardim zoológico britânico defende decisão de matar um leopardo das neves

O animal fugiu do seu habitat no parque em outubro deste ano.

Jardim zoológico britânico defende decisão de matar um leopardo das neves

Um jardim zoológico britânico defendeu recentemente a sua decisão de matar um leopardo das neves raro que fugiu do seu habitat no parque, quando a porta foi deixada aberta.

O Dudley Zoo referiu que "não havia outra opção considerando o interesse na segurança pública" do que matar Margaash, de oito anos, quando este escapou a 23 de outubro deste ano. Conta a Associated Press que, no entanto, o jardim zoológico classificou o incidente como "incrivelmente triste".

"A eutanásia é, e será sempre, o último recurso", referiu o diretor do zoo, Derek Grove. "Mas os esforços para persuadir Margaash a regressar à sua jaula falharam e o animal estava perto da zona florestal, estava a ficar de noite e o veterinário não acreditou que um dardo tranquilizante fosse uma opção segura devido ao tempo que as drogas demoram a atuar", explicou.

O parque referiu que o animal fugiu depois de a porta do seu habitat ter sido deixada aberta devido a um "erro do tratador". Depois disso garantem que a segurança foi revista e foram tomadas medidas disciplinares.

Os leopardos das neves estão a diminuir cada vez mais, estando quase em risco. A União Internacional para a Conservação da Natureza estima que apenas três mil animais se mantém em estado selvagem.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório