Meteorologia

  • 22 JULHO 2019
Tempo
28º
MIN 21º MÁX 33º

Edição

Sondagens apontam para vitória de governadores pró-Bolsonaro

As sondagens hoje divulgadas após o fecho das urnas nos principais estados brasileiros apontam para a vitória dos candidatos a governador que têm demonstrado apoio a Jair Bolsonaro.

Sondagens apontam para vitória de governadores pró-Bolsonaro
Notícias ao Minuto

21:26 - 28/10/18 por Lusa

Mundo Brasil

O candidato Wilson Witzel lidera as sondagens às bocas das urnas para governador do estado do Rio de Janeiro, com 55% dos votos válidos, deixando o ex-prefeito Eduardo Paes com 45% das intenções de voto.

Também o ex-prefeito de São Paulo João Doria, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), leva vantagem sobre o atual governador de São Paulo, Márcio França, do Partido Socialista Brasileiro(PSB), obtendo 52 % dos votos válidos, contra 48% do adversário, ainda de acordo com a sondagem de boca de urna.

Na primeira volta, Doria foi o mais votado com 31,77% dos votos, tendo França ficado em segundo, com 21,53% da votação.

Com 30% das urnas apuradas, o candidato Romeu Zema, do Partido Novo. aparece com mais de 68% dos votos em Minas Gerais, seguido pelo senador e ex-governador Antonio Anastasia, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) com 31,37%.

Zema, que era um candidato praticamente desconhecido dos eleitores, alavancou a sua campanha da primeira volta depois de conseguir juntar o seu nome ao do candidato presidencial Jair Bolsonaro.

Em Brasília, já são conhecidos os resultados para o cargo de governador, com o advogado Ibaneis Rocha do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) a vencer a segunda volta da disputa pelo governo do Distrito Federal, segundo a plataforma Datafolha.

A larga vantagem do candidato do MDB nas sondagens, que agora se confirma nas urnas, não foi uma constante, tendo obtido apenas 2% das intenções de voto numa sondagem feita há dois meses e divulgada pela plataforma Datafolha.

Os candidatos que lideram as intenções de voto para o Governo do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Brasília, tendo este último já sido apurado, têm em comum o apoio prestado ao candidato da extrema-direita às presidenciais brasileiras, Jair Bolsonaro.

Milhares de eleitores brasileiros escolhem hoje catorze governadores regionais na segunda volta das eleições do país.

Os estados que necessitaram de uma segunda volta foram os de São Paulo, Rio de Janeiro, Minais Gerais, Rio Grande do Sul, Rondónia, Roraima, Sergipe, Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e Sergipe.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório