Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Bebé brutalmente agredido pelos pais obrigado a amputar pernas

Petição para mudar a lei tem já 13 mil assinaturas. Objetivo é aumentar pena de prisão dos pais da criança.

Bebé brutalmente agredido pelos pais obrigado a amputar pernas

A mãe adotiva de um bebé que ficou sem as duas pernas na sequência dos abusos de que foi  alvo, no primeiro mês de vida, por parte dos pais, quer que a justiça seja mais severa com os mesmos.

Tony, também apelidado de Bear (Urso), esteve à beira da morte, quando foi admitido no hospital com 41 dias de vida após uma agressão por parte dos pais.

Os pais foram acusados de negligência e condenados a 10 anos de prisão, recorda o Express UK. A mãe adotiva do menino, agora com quatro anos, acha pouco e quer uma punição mas severa.

"Ofensas de homicídio, homicídio culposo e danos corporais graves são sujeitas a sentenças máximas de prisão perpétua, e eu acredito fortemente que o equivalente deve aplicar-se quando uma criança morre ou é gravemente ferida", defende Jody Simpson, referindo que esta a razão que a move para que seja feita justiça pelo seu filho

Para isso foi criada uma petição que apela a uma mudança na lei e conta já com um total de 13 mil assinaturas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório