Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Passageiro racista insultou mulher e tripulação da Ryanair nada fez

O homem dirigiu vários insultos a uma mulher que estava sentada na sua fila e chegou a ameaçar empurrá-la para fora daquele lugar. Companhia aérea está a ser criticada por não o ter expulsado do voo.

Notícias ao Minuto

10:04 - 22/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Polémica

Um passageiro de um voo da Ryanair filmou um incidente racista que está a gerar uma onda de críticas à forma como a tripulação decidiu resolver a situação. Num voo que partiu de Barcelona e que tinha como destino Londres, na passada sexta-feira, um dos passageiros fez vários insultos a uma mulher negra de origem jamaicana que estava sentada na mesma fila de lugares que ele e até ameaçou retirá-la do lugar. 

Nas imagens captadas por David Lawrence, e que foram publicadas no Facebook, vê-se o homem a pedir à mulher para mudar de lugar. A filha desta mulher pede ao homem para não falar assim com a sua mãe e diz-lhe que ela tem uma incapacidade e por esse motivo movimenta-se devagar. 

"Não quero saber se ela é deficiente ou não. Se lhe digo para sair, ela sai", respondeu o homem. 

A maioria dos passageiros que já tinha entrado no avião apercebeu-se da discussão, que continuou na presença de um elemento da tripulação da Ryanair. 

"Se não fores para outro lugar, empurro-te para outro lugar", ameaçou o homem. A dada altura a mulher respondeu-lhe mas o passageiro insistiu nas ofensas racistas e gozou com o sotaque jamaicano. "Não fales comigo numa língua estrangeira", afirmou. 

Já com um outro passageiro a pedir-lhe calma e para não falar assim, o homem chamou-a  de "preta feia e estúpida". O membro da tripulação da Ryanair pediu-lhe então que não fosse "mal-educado" e disse que ia mudar a mulher de lugar, quando vários passageiros estavam já a pedir para que o homem fosse expulso do voo. 

A mulher mudou de lugar e o voo prosseguiu. Mas assim que o vídeo foi publicado no Facebook começaram a chover críticas ao modo como a Ryanair lidou com a situação, com a tripulação a não ser capaz de evitar os repetidos insultos do homem. 

Este domingo, a companhia aérea reagiu no Twitter explicando que estava a par do vídeo que denunciou o caso à polícia de Essex.

Nesta altura decorre uma investigação ao incidente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório