Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2018
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

Já são conhecidas algumas das vítimas mortais da queda da ponte em Itália

Entre algumas das vítimas já identificadas encontra-se uma família de três pessoas, três chilenos e um grupo de franceses que ia para o porto de Génova.

Já são conhecidas algumas das vítimas mortais da queda da ponte em Itália
Notícias ao Minuto

15:17 - 15/08/18 por Fábio Nunes 

Mundo Génova

O balanço provisório do número de mortos na sequência da queda da ponte Morandi, em Génova, aumentou para 38, numa altura em que ainda prosseguem as buscas nos escombros da estrutura colapsada. Dessas 38 vítimas, foram identificadas 37, revela a Câmara Municipal de Génova.

Aos poucos as identidades de algumas dessas vítimas vão sendo tornadas públicas. Um dos casos que está a emocionar Itália é o de uma família de três pessoas. De acordo com o The Guardian, Roberto Robbiano, de 44 anos, a sua mulher Ersilia Piccinino, e o filho de ambos Samuele, de oito anos de idade, estavam num carro que circulava na ponte na altura em que esta desabou. A família que vivia em Campomorone, perto de Génova, seguia para um almoço com familiares em Voltri.

Um amigo reconheceu o carro da família e uma bola do Homem-Aranha com a qual o pequeno Samuele costumava brincar, refere o La Repubblica.

Alberto Fanfani, 32 anos, e a sua namorada Marta Danisi, 29 anos, estavam a viajar e atravessavam a ponte no momento fatídico. Dario Nardella, presidente da Câmara Municipal de Florença, confirmou a morte de Alberto Fanfani. A morte de Marta também foi confirmada pelo autarca da sua cidade natal na Sicília.

Notícias ao MinutoAlberto Fanfani e Marta Danisi© Alberto Fanfani/Facebook

Os meios de informação italianos também identificaram um grupo de franceses entre as vítimas mortais provocadas pelo colapso da ponte Morandi. Nathan Gusman, 20 anos, Melissa Artus, 22 anos e Nemati Alizè Plaze, 20 anos, estavam a caminho do porto de Génova para apanharem um barco que os iria levar para a Sardenha.

Também foi identificado um trio de chilenos que morreram neste trágico incidente. Trata-se de Juan Carlos Pastenas, um chef de 64 anos que viveu em Génova durante mais de 30, e que viajava acompanhado da sua mulher, Nora Rivera, e de um amigo, Juan Figueroa, de 60 anos.

Nas próximas horas mais vítimas serão identificadas pelas autoridades italianas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório