Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Milhares em Barcelona exigem libertação de presos independentistas

Milhares de pessoas exigiram hoje, numa manifestação que percorreu as principais artérias de Barcelona, a libertação de presos independentistas e o regresso dos políticos exilados no estrangeiro.

Milhares em Barcelona exigem libertação de presos independentistas
Notícias ao Minuto

21:19 - 14/07/18 por Lusa

Mundo Catalunha

Convocada pela Assembleia Nacional Catalã (ANC), Omium Cultural e Associação Catalã de Direitos Civis (ACDC), a manifestação - realizada sob o lema "Nem prisão nem exílio, queremo-los em casa" - juntou 110.000 manifestantes segundo a Guarda Urbana, enquanto os organizadores referiram 200.000.

O presidente do Governo Regional, Quim Torra, participou na primeira linha da manifestação, que exigiu a liberdade para os "presos políticos" perante a "indecência" da Justiça espanhola.

Torra denunciou "o relato fictício com que o Estado construiu uma rebelião que não existiu" e defendeu que "o processo de autodeterminação da Catalunha não seja criminalizado".

A Torra juntou-se a mulher de Carles Puigdemont, o presidente do Governo da Catalunha deposto, que se encontra na Alemanha, e a presidente do parlamento catalão, Marcela Topor, além dos líderes de ANC e Omnium.

Os manifestantes, com bandeiras independentistas, desfilaram entoando palavras de ordem como "Nem um passo atrás" ou "Liberdade para os presos políticos".

O porta-voz do Juntos pela Catalunha (JxCat), Eduard Pujol, exigiu a liberdade dos presos, agora de maneira "mais contundente", enquanto a coordenadora do Partido Democrata Europeu Catalão (PDeCAT), Marta Pascal, assinalou que "o relato da Justiça espanhola se desfez como um torrão de açúcar".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório