Meteorologia

  • 12 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 22º

Edição

Vacina que pode ser guardada no frigorífico. BioNTech vai pedir aprovação

Segundo o presidente-executivo Ugur Sahin, esta pode ser armazenada em frigoríficos entre 2 a 8 graus Celsius até 6 meses.

Vacina que pode ser guardada no frigorífico. BioNTech vai pedir aprovação

A empresa de biotecnologia alemã BioNTech e a norte-americana Pfizer estão a preparar o pedido de aprovação de uma versão da sua vacina contra a Covid-19 que pode ser armazenada em frigoríficos entre 2 a 8 graus Celsius até 6 meses.

O anúncio foi feito, esta terça-feira, pelo presidente-executivo da BioNTech, Ugur Sahin. 

"A primeira fórmula tem que ser armazenada e despachada a 80 graus negativos. Temos agora, entretanto, uma versão, que ainda não foi aprovada, que pode ser armazenada a 2º a 8ºC", disse Sahin, citado pela Reuters, ao Financial Times.

Ugur Sahin refere ainda que, a estas temperaturas, "provavelmente chegaremos a uma estabilidade de seis meses".

Leia Também: Pfizer espera vender este ano vacinas anti-covid por 26 mil milhões

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório