Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2020
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Pessoas vegan sofrem ressacas piores do que os 'carnívoros', diz estudo

Neste estudo, investigadores da Universidade de Utrecht, na Holanda, analisaram os efeitos colaterais do consumo de álcool em 13 'bebedores sociais'.

Pessoas vegan sofrem ressacas piores do que os 'carnívoros', diz estudo

Um novo estudo - publicado no Journal of Clinical Medicine - descobriu que as pessoas vegetarianas e vegan podem sofrer ressacas mais severas do que aqueles que comem carne.

Neste estudo, investigadores da Universidade de Utrecht, na Holanda, analisaram os efeitos colaterais do consumo de álcool em 13 'bebedores sociais'.

Os participantes foram analisados tendo em conta vinte e três sintomas de ressaca que podem surgir depois de uma noite a beber. 

Ao longo do estudo, os participantes registraram tudo o que comeram e a análise descobriu que aqueles com menos ácido nicotínico, também conhecido como vitamina B3, e zinco nas suas dietas sofriam ressacas mais severas. A baixa ingestão de zinco, em particular, foi "significativamente associada" aos vómitos, e o baixo nível de ácido nicotínico criou sintomas de ressaca mais graves, mostrou o estudo.

O zinco é encontrado em carnes, mariscos e legumes. A vitamina B3 é encontrada em produtos de origem animal, como carne e peixe, bem como em amendoins, abacates e cogumelos.

O ácido nicotínico e o zinco são necessários para digerir o álcool.

Leia Também: Junte-se à revolução alimentar e faça em casa 'laticínios vegan'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório