Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Elygas Power deixa de operar no mercado de eletricidade

A Elygas Power deixa de comercializar eletricidade, por incumprimento de obrigações, passando os seus cerca de 5.000 clientes a serem fornecidos pela EDP Serviço Universal, de acordo com o regulador do setor energético.

Elygas Power deixa de operar no mercado de eletricidade
Notícias ao Minuto

22:24 - 13/11/17 por Lusa

Economia Energia

Em comunicado, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) informa que, "a partir de hoje, o Comercializador de Último Recurso (CUR) passa a assegurar o fornecimento de todos os clientes do comercializador Elygas Power, o qual deixou de reunir as condições necessárias para assegurar a sua atividade".

Esta decisão da ERSE é justificada pela necessidade de assegurar a regularidade e continuidade do fornecimento aos clientes, adianta o regulador, referindo que em causa estão cerca de 5.000 clientes dos quais 4.800 em baixa tensão normal.

De modo a salvaguardar a estabilidade de funcionamento do setor e a regularidade do abastecimento aos clientes finais, o Regulamento de Relações Comerciais do setor elétrico prevê que o CUR -- comercializador que fornece todos os clientes que não optaram por um comercializador de mercado e cuja função é desempenhada pela EDP Serviço Universal -- assegure o fornecimento aos consumidores cujo comercializador se tenha visto impedido de o fazer, designadamente por impedimento legal ou insolvência.

"Desta forma, fica garantido que os clientes continuem a ser regularmente fornecidos, sem qualquer perturbação e sem necessidade de tomarem qualquer medida", acrescenta.

Os consumidores em causa podem, quando pretenderem, escolher um outro comercializador em regime de mercado.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório