Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 27º

Encargos com PPP sobem 16% para 416 milhões de euros no segundo trimestre

Os encargos líquidos do setor público com as Parcerias público-privadas (PPP) atingiram 416,1 milhões de euros no segundo trimestre do ano, mais 16% do que no mesmo período de 2016, com o contributo de todos os setores.

Encargos com PPP sobem 16% para 416 milhões de euros no segundo trimestre
Notícias ao Minuto

20:14 - 26/10/17 por Lusa

Economia Boletim

Segundo o Boletim Trimestral das PPP da Unidade Técnica de Acompanhamento de Projetos (UTAP), a tendência de acréscimo registada foi "transversal a todos os setores analisados".

Para o aumento total dos encargos contribuíram, sobretudo, as parcerias do setor rodoviário, com um aumento de 51,7 milhões de euros, para 305,9 milhões.

Segundo o boletim, o setor rodoviário continua a destacar-se, quer pelo peso em termos de número de PPP (21 entre as 32 analisadas), quer pelo investimento acumulado (93% no final de 2016) e pelos encargos líquidos (76% dos valores globais no primeiro semestre de 2017).

O setor rodoviário foi "o principal responsável pelo aumento verificado ao nível dos encargos líquidos totais com as PPP" no segundo trimestre face ao mesmo período de 2016, destaca a UTAP.

Já no setor da saúde, o aumento dos encargos no segundo trimestre foi de 3,8 milhões de euros, para 98,4 milhões, enquanto no setor da segurança houve um ligeiro aumento, de cerca de 2%.

No setor ferroviário, os encargos públicos "foram substancialmente superiores aos registados no período homólogo anterior" devido sobretudo ao pagamento de compensações à Metro Transportes do Sul (MTS).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório