Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Governo aposta na valorização das regiões transfronteiriças com o 2020

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas defendeu hoje que o país deve apostar na valorização das regiões transfronteiriças, no âmbito do debate da negociação do futuro quadro de fundos comunitários após 2020.

Governo aposta na valorização das regiões transfronteiriças com o 2020
Notícias ao Minuto

21:55 - 19/06/17 por Lusa

Economia Programa

Segundo Pedro Marques, o Governo pretende lançar o debate de uma nova abordagem do interior, "chamando-lhe a região transfronteiriça, mas também juntando-lhe a baixa densidade, apostando na sua valorização através do seu potencial endógeno", tirando partido da proximidade ao mercado espanhol.

A aposta nas regiões transfronteiriças foi hoje discutida no Conselho de Concertação Territorial, que se realizou em São Bento, presidido pelo primeiro-ministro e com representantes dos governos regionais da Madeira e dos Açores, áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto, comunidades intermunicipais, Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e Associação Nacional de Freguesias (Anafre).

O ministro explicou que o Governo tinha assumido o compromisso de proceder a um primeiro debate sobre o futuro da política da coesão após 2020, antes da reunião do Fórum da Coesão, que se realiza na próxima semana em Bruxelas.

O encontro realiza-se num "contexto complexo", nomeadamente com a saída do Reino Unido da União Europeia, e Pedro Marques defendeu que existe um conjunto de novas políticas "que devem ser apoiadas por fundos comunitários".

Além de "mais inovação e mais qualificações", envolvendo empresas e universidades, as novas políticas europeias devem servir para criar mais emprego e promover o desenvolvimento do território.

Perante o desafio das alterações climáticas, o governante advogou "mais eficiência energética" e dos transportes públicos, bem como o investimento na economia do mar, "aposta estratégica que deve permanecer para lá de 2020".

O país deve estruturar o seu posicionamento na frente atlântica e das regiões autónomas, mas para que as novas políticas sirvam para reforçar o futuro europeu, Pedro Marques preconizou que a união deve ser "mais ambiciosa".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório